NE (Nível de Exposição)

Tempo de exposição (minutos)

NHO 1 • NEN = NE + 10*log(Te / 480) NR 15 • NEN = NE + 16,61*log(Te / 480)
Nível de Exposição Normalizado (NEN) {{ round2(result1()) }} {{ round2(result2()) }}

É advogado e quer calcular o Tempo de Contribuição do cliente de forma completa pra garantir o sucesso do pedido de aposentadoria?

Clique no botão e experimente o CJ com risco zero e evite erros que podem custar o benefício do cliente.

Calcular de forma rápida e segura
Capa do Artigo Planejamento Previdenciário: o serviço que mais cresce na área do Cálculo Jurídico para Advogados

Já imaginou garantir que todos os procedimentos pra aposentadoria do seu cliente sejam realizados da melhor maneira possível?

Bom, pra conseguir isso tudo, você precisa saber como fazer um planejamento previdenciário. Clique no botão e descubra como fazer um planejamento de sucesso:

Planejamento Previdenciário: o serviço que mais cresce na área

O cálculo de ruído é um bicho de sete cabeças pra muitos advogados, em especial aqueles que fazem as contas “na mão” ou com planilhas super complicadas.

Aí já viu, né? É erro na certa!😵

Por esse motivo, a Calculadora do Nível de Ruído Normalizado do CJ é uma super aliada da sua advocacia.

Hoje você vai receber dicas valiosas sobre esse assunto! Pode se preparar pra dizer adeus às dúvidas com as siglas e fórmulas de cálculo de ruído.

Dá uma olhada no que você vai descobrir:

  • O que é dosimetria de ruído?
  • O que é NEN - Nível de Exposição Normalizado?
  • Quais são as metodologias pra fazer a dosimetria?
  • Como calcular a dose de ruído com a ferramenta?
  • Como responder às principais dúvidas dos clientes sobre o assunto?

Depois de ler esse conteúdo, você vai enfrentar qualquer caso que envolva o tema sem nenhum problema! Os clientes vão agradecer e seu escritório vai decolar!✈️

Além disso, vai ajudar muito nas revisões previdenciárias, inclusive as revisões de fato.

Então, bora lá? Vem comigo!

O que é a dosimetria de ruído?

A dosimetria é um jeito de medir os níveis de ruído durante certo período em um determinado lugar. A unidade usada pra essas medições é quase sempre o decibel (dB).

Isso costuma ser feito com a ajuda de um aparelho parecido com um microfone, bem sensível a ruídos, que capta os sons e faz a medição.

A dosimetria é comum em causas das áreas previdenciária e trabalhista que envolvem atividade especial ou insalubridade.

Então, é bem importante pra quem advoga nessas áreas saber como funciona, já que ela é usada nas perícias judiciais e pode ser a chave pra ganhar o processo!

Ah! A dosimetria de ruído também é fundamental em programas de prevenção de riscos ambientais, gestão de saúde e segurança do trabalho.

O objetivo dela é medir a exposição de um trabalhador a ruídos durante o serviço.

São poucos os casos de ruído constante durante todo o dia ou até empregos em que a pessoa trabalha no mesmo ambiente durante toda a jornada.

Então, a dosimetria leva em conta esse barulho variável pra fazer a medição.

Aliás, existem diferentes metodologias pra descobrir o famoso NEN, como você vai ver agora!

Antes, uma breve observação…

Ruído: como funciona a relação entre percepção sonora e potência?

A nossa percepção dos sons é curiosa!

Um som 10x mais potente não vai parecer 10x mais forte aos nossos ouvidos.

Isso acontece porque a relação entre a nossa percepção sonora e a potência do som não é linear. Hummm….

A relação entre percepção sonora e potência do som é logarítmica. Eita… lembra de logaritmos lá da escola? (não muito né? hehe)

Gráfico da Intensidade sonora versus percepção humana

Por isso a exposição ao ruído e o impacto que tem na gente, também segue uma relação logarítmica.

Avaliar essa exposição certinha em diferentes jornadas de trabalho é fundamental para requerer adicional de insalubridade, preparar quesitos e impugnar laudos técnicos, na área trabalhista.

E mais! O ruído é o principal agente nocivo pra requerer, na área previdenciária, a aposentadoria especial!

O que é NEN - Nível de Exposição Normalizado?

O NEN ou Nível de Exposição Normalizado serve pra mostrar a quantidade de ruído que o trabalhador estaria exposto em uma jornada de 8 horas (480 minutos).

Quando a lei colocou os limites de ruído pro trabalhador, eles foram definidos com base nesse tempo “normal” de atividade, ou seja, 8 horas/dia.

Como não é todo mundo que faz essa jornada de trabalho, o NEN é um método usado pra “traduzir” os níveis de exposição a ruídos pra jornada de 8 horas/dia.

Assim, fica mais fácil ver se os limites foram respeitados ou não pelo empregador.

Muitos advogados não dão muita bola pros detalhes, mas entender o NEN é fundamental!

Afinal, muitos clientes têm jornadas que não são as tradicionais 8 horas/dia. Alguns possuem jornadas de 6 horas/dia, outros, de até 12 horas/dia.

Com isso, surgem problemas como esses aqui:

  • Ruídos muito altos, mesmo por menos tempo, podem ultrapassar os limites legais
  • Ruídos dentro dos padrões, mas por longos períodos, também podem ser ruins

E é aí que entra o NEN!

Ele é calculado por metodologias que te ajudam a analisar os casos práticos.

Por falar nisso, agora que você já viu o que é o NEN, você vai entender um pouquinho mais sobre as metodologias…

Quais as metodologias de dosimetria de ruído?

Existem diferentes maneiras de medir o NEN.

A IN 128/2022 seguiu as instruções antigas do INSS e trouxe 2 principais metodologias usadas na dosimetria de ruídos:

  • NHO-01 da Fundacentro
  • NR-15

Por esse motivo, pode ser que você encontre, na prática, 2 resultados diferentes pra mesma situação.

Então, é importante saber qual a metodologia usada, pra que ela serve e como funciona. Você vai ver isso nos próximos tópicos.

Como funciona a Metodologia NHO-01?

A metodologia NHO-01 da Fundacentro costuma ser usada pra descobrir o nível de ruído do ambiente com um aparelho chamado decibelímetro.

O art. 292, inciso IV, da IN 128/2022 diz que, depois de 01/01/2004, é obrigatório usar a NHO-01 pra medir os ruídos no PPP.

Esse documento é super importante pra quem atua no direito previdenciário.

A fórmula da NHO-01 pra descobrir o NEN é essa aqui:

Nível de Exposição Normalizado = Nível de Exposição + 10 log x (Tempo de exposição / 480

Pois é, tem um logaritmo na conta…🤯

E é por isso que a calculadora de ruído normalizado do CJ é uma mão na roda nessas horas.

Afinal, você vai ter o resultado completo na hora, sem se preocupar com as temidas fórmulas matemáticas!

Bora ver a segunda metodologia?

Como funciona a Metodologia NR-15?

A metodologia NR-15 é usada pra conferir os limites de tolerância ao ruído.

Inclusive, o mesmo art. 292, inciso IV, da IN 128/2022 traz lá no Anexo I quais são esses limites, olha só:

Como calcular ruído normalizado
É muito importante você ter em mente que a NR-15 e a NHO-01 devem ser usadas em conjunto, ok?

Você não vai misturar as 2 metodologias, mas usar cada uma pra um objetivo diferente e combinar as duas!

A NHO-01 é a metodologia que vai mostrar o nível de ruído do ambiente. Mas os limites de tolerância vão ser verificados com a NR-15.

E a fórmula da NR-15 é quase igual à da NHO-01, o que muda é o número que multiplica o logaritmo, dá uma espiadinha:

Nível de Exposição Normalizado = Nível de Exposição + 16,61 log x (Tempo de exposição / 480)

Agora que você já sabe como funcionam as metodologias, chegou a hora de dominar o cálculo!

Como calcular a dose de ruído?

Pra calcular a dose de ruído, você até pode usar as fórmulas que viu aí em cima. Só que uma ferramenta como a calculadora do CJ com certeza deixa tudo muito mais prático!

Afinal, ela entrega os resultados tanto pela metodologia da NHO-01, como da NR-15!

É muito fácil de usar e não tem nenhum mistério, basta seguir esse passo a passo:

  1. No campo “NE (nível de exposição)”, você vai digitar o nível de ruído em decibéis ao qual o seu cliente foi exposto
  2. No campo “Tempo de exposição (minutos)”, você vai colocar o tempo que ele passava exposto ao nível de ruído por dia

Feito isso, a calculadora mostra um relatório completo com os resultados de cada metodologia!

Dá só uma olhada nesse exemplo aqui:

Cálculo ruído normalizado grátis

Pode crer, essa calculadora vai transformar os seus atendimentos em uma coisa de outro mundo!

Isso sem falar na rapidez da análise e na possibilidade de já passar uma posição pro cliente na hora.

Você vai ter as informações do NEN nas 2 metodologias, pra verificar os limites de ruído que estão na legislação e confirmar se eles foram respeitados.

Isso é um diferencial gigantesco, que vai jogar a produtividade do seu escritório lá pras alturas! Pode agradecer depois.😉

Agora, vem ver quais são as principais dúvidas dos clientes sobre o cálculo de ruído.

Perguntas frequentes sobre cálculo de ruído

Existem muitas situações diferentes quando o assunto é cálculo de ruído.

Por esse motivo, é comum os clientes chegarem com várias dúvidas nos escritórios.

Pra você ter todas as respostas na ponta da língua e se destacar da concorrência, olha só quais são as 3 perguntas que lideram o ranking desse assunto:

Qual o limite de ruído em dB pra 2 horas?

O limite atual de ruído pra 2 horas de exposição é de 95 dB, seguindo a Tabela do Anexo I da NR-15 (que você viu lá atrás).

Então, se o seu cliente tem uma jornada de trabalho de 8 horas e em 2 delas fica em ambiente com o ruído de 95 dB, já está acima!

Mas é bom lembrar que os limites de ruído mudaram ao longo do tempo, viu?

Esse limite de 95 dB é o que vale pros dias de hoje, mas é bom ficar atento nos casos mais antigos.

Qual o limite de ruído em dB pra 8 horas?

Também pela tabela do Anexo I da NR-15, o limite de ruído atual pra uma jornada de 8 horas por dia é de 85 dB.

Mas, a depender de quando o seu cliente trabalhou, o valor muda, olha só:

  • Até 05/03/1997: limite de 80 dB
  • Entre 06/03/1997 e 18/11/2003: limite de 90 dB

Por exemplo, se o trabalho era em 1998, e a medição no PPP mostra 88 dB, está dentro do limite pra época.

Não tem segredo, é só ficar de olho!👀

Qual a fórmula pra calcular ruído?

Como você viu antes, a fórmula pra calcular o nível de ruído varia de acordo com as metodologias, que são:

  • NHO-01
  • NR-15

As duas vão mostrar o NEN, mas têm objetivos diferentes!

A NHO-01 serve pra conhecer o nível de ruído no caso concreto, e a NR-15, pra verificar os limites de tolerância.

São essas as 3 principais dúvidas dos clientes, que agora você vai tirar de letra!

Conclusão

Calcular os níveis de ruído não tem mais que ser um bicho de sete cabeças pra você e pro pessoal do seu escritório.

As fórmulas e as siglas das metodologias às vezes podem assustar quem não entende muito do assunto.

Mas depois de tudo o que você leu hoje, nem os cálculos mais complicados vão te colocar medo.

Afinal, agora você domina o tema e não vai mais ter dificuldades na hora dos atendimentos!

E ainda tem a cereja do bolo🍒: a calculadora de nível de ruído normalizado do CJ, que dá o resultado em minutos pelas duas metodologias!

Pensa que acabou e que o melhor já foi? Pois ainda tem mais!

O software completo de cálculos previdenciários pode ser o braço direito do seu escritório. Com ele, você tem acesso a relatórios completos e resultados super seguros!

Se ainda não usa o CJ, experimente agora e veja com seus próprios olhos a mágica acontecer na sua advocacia!

Gostou dessa calculadora?

Para receber mais novidades como essa, basta deixar seu nome e e-mail pra gente.

⚠️ O Cálculo Jurídico é um software online de cálculos para advogados que querem faturar mais e ganhar tempo. A gente disponibiliza essas calculadoras grátis pra você fazer simulações e fisgar novos clientes.

Mas lembre que o software do Cálculo Jurídico faz cálculos previdenciários completos e precisos.

O programa também oferece diversos cálculos cíveis, tributários, bancários, penais e trabalhistas, além de cursos, modelos de petições e relatórios completos para anexar nas petições.

Faça um teste agora e comece a focar nas partes do processo que vão te dar mais dinheiro.”