Cível

Revisão do FGTS: 7 ferramentas essenciais pra ajuizar a ação

Baixe o bônus do CJ

E algumas petições de presente

30 Petições Previdenciárias usadas em casos reais que deram certo

Agora você vai ganhar 7 ferramentas que vão garantir que você não perca uma grande oportunidade.

Tá todo mundo roendo as unhas de ansiedade pra decisão do STF sobre a revisão do FGTS!

Enquanto isso, tem muita gente correndo pra ajuizar a ação, na expectativa de que o Supremo module os efeitos pra beneficiar só as ações já propostas.

Pois é… Ajuizar a ação antes do julgamento pode ser menos arriscado do que não entrar e perder uma grande chance de vitória pra você e pro seu cliente.

Mas não precisa preocupar se você ainda não está com tudo pronto pra ação: garanto que não vai ficar pra trás!

É que existe uma receita prática que vai te ajudar a ganhar muito tempo em cada caso.

Uma receitinha que, além disso, ainda pode te deixar mais perto de ter sucesso ao ajuizar as ações.

Quer saber quais os ingredientes dessa receita? Então segue comigo até o final desse post!

Aqui você vai descobrir como acessar um modelo de petição e um cálculo que importa o extrato do FGTS e permite gerar o relatório pra ação em 15 segundos!

E não para por aí! Também vai ganhar vários outros materiais práticos pra te colocar na frente e agarrar essa oportunidade de ganhar muitas ações.

Isso mesmo! Com o que eu vou te mostrar aqui, você vai ficar a poucos passos de entregar uma revisão excelente que nenhum perito judicial vai colocar defeito.

Vem comigo!

Antes de tudo: por que propor a ação do FGTS antes do julgamento do STF?

Clientes, advogados… Todo mundo quer saber se vale a pena entrar com a ação de revisão do FGTS antes do julgamento pelo STF.

Afinal, você deve correr pra propor a ação do seu cliente ou não?

Se a TR cair por terra, só quem ajuizou a ação do julgamento vai se beneficiar?

Então… Apesar de ninguém saber como o STF vai julgar a correção do FGTS, existem sim fortes indícios de uma decisão favorável.

Afinal, em casos como a desaposentação, o STF não considerou a aplicação da TR como índice de correção, o que já demonstra sua forte inclinação a respeito desse índice.

Mas atenção! Caso a decisão seja favorável, é possível ou não ter a modulação dos efeitos.

E a gente sabe o tamanho do impacto econômico-financeiro para os cofres públicos que teria uma decisão sem modulação, certo?

É por isso que a maioria aposta que os efeitos serão modulados e que a hora pra ajuizar é agora!

Bom, e pra te tranquilizar se estiver prestes a ajuizar a ação pro cliente, existem mais 3 boas notícias que podem reforçar a sua tese na petição inicial.

Essas notícias e respostas de perguntas que estão tirando o sono de quem advoga quando o assunto é FGTS, estão aqui nesse vídeo:


Dê uma olhadinha nele pra descobrir o que está em jogo no julgamento da revisão do FGTS e, assim, definir os próximos passos pra garantir o direito do cliente.

Quando será o julgamento do FGTS no STF?

Ainda não há uma data definida.

Em Mar/2021 a ação entrou na pauta do STF e a notícia começou a sair na mídia.

Isso fez com que muitas pessoas procurassem advogados para entrar com essa ação.

Nessa época, o CJ registrou milhares de cálculos realizados por advogados que aproveitaram a oportunidade para entrar com a ação e deixar tudo pronto antes do julgamento.

Mas a ação saiu da pauta depois de algum tempo e ainda estamos esperando o julgamento.

Deixe seu email para acompanhar o Blog do CJ que vamos te avisar quando o tema entrar na pauta do STF de novo!

Esse tempo a mais pode ser excelente para os advogados que estão pensando estrategicamente e veem a possibilidade de entrar com essas ações que podem dar muito dinheiro.

Se você advoga e não quer perder essa oportunidade, descubra agora como se preparar com essas 7 ferramentas:

1. Manual completo sobre a ação: o A a Z da Revisão do FGTS

Percebeu que vale a pena ajuizar a ação pro cliente agora?

Maravilha! Mas vai por mim… Não dá pra entrar com essa ação sem conhecer a revisão do FGTS a fundo.

Entender quem tem direito, quais índices de correção estão em jogo e o que você precisa pra ajuizar a ação é o primeiro pulo do gato pra garantir o melhor pro cliente.

Mas espera! Não pare de ler esse post pra sair correndo e se debruçar em uma pilha de manuais pra entender como funciona a ação.

Além de perder horas com pesquisa, muitos conceitos que você vai encontrar podem estar explicados de uma forma complexa demais.

Aí essa pesquisa não só não vai te ajudar, como pode é te atrapalhar.

Pra te poupar desses inconvenientes, os especialistas em Direito Civil do CJ mergulharam nessa revisão e já separaram pra você o joio do trigo sobre o tema.

E o melhor: organizaram tudo de uma forma leve e didática.

O resultado foi esse Manual completo e decifrado sobre a Revisão do FGTS.

Nele você confere todos os detalhes da ação de revisão do FGTS, como:

  • Quem pode ajuizar a ação
  • Qual o período pra solicitar a correção
  • Como analisar os extratos
  • Todos os macetes do cálculo
  • E muito mais!

Com tudo isso, você vai levar pra casa um prato cheio pra ajudar os clientes: dos fundamentos e técnicas até a prática com todos os detalhes!

2. Tutorial pra baixar o extrato do FGTS no site da Caixa

Terminou a leitura do manual do CJ sobre a Revisão do FGTS?

Ótimo! Então você já consegue analisar direitinho o caso do cliente e descobrir se essa revisão pode ser uma boa pra ele.

Se você constatar que o cliente realmente tem direito a recuperar os valores de FGTS que foram corrigidos de forma inadequada, é hora de encarar mais um desafio: acessar os extratos.

Sim, a documentação mais importante para entrar com a ação de revisão do FGTS se chama extrato do FGTS e, muitas vezes, conseguir ela pode ser uma baita dor de cabeça.

Você ali no pique total pra entrar com a ação e nada do cliente te enviar o extrato por ele não ter ideia de como retirar ou ter muita dificuldade nessa hora.

Bom, pode comemorar que hoje você dá adeus a essa dor de cabeça!

É que o CJ preparou um tutorial exclusivo sobre como retirar o extrato do FGTS no site da Caixa rapidinho!

Com 6 passos simples, obter os extratos vai deixar de ser um obstáculo pro cliente e horas do seu tempo vão ser poupadas.

como baixar o extrato do FGTS do cliente

Baixe o tutorial aqui: 6 Passos para baixar o extrato do FGTS no site da Caixa pra enviar pro cliente ou pra orientar ele sempre que precisar.

3. Guia prático pra análise dos extratos e listinha de outros documentos a serem separados

Como não existem espinhos pequenos na vida de um advogado, não basta ser difícil conseguir os extratos…

A análise dos extratos do FGTS também dá um arrepio na espinha em muita gente!

Existem 3 diferentes modelos de extratos e saber qual informação coletar de cada um pode ser bem confuso.

Afinal, um único extrato pode ter dezenas de páginas!

E o pior: ninguém te explica por onde começar e o que deve ou não ser considerado nesta análise.

Pra piorar, ter todos os extratos em mãos não basta.

Outros documentos também precisam ser separados pra que você consiga fundamentar sua ação da melhor forma.

Eu sei, parece uma etapa assustadora.

Mas o CJ também ajuda a deixar essa etapa bem mais tranquila.

É que além de organizar a listinha de documentos necessários pra ação, a gente também separou os pontos principais que você deve levar em conta na análise dos extratos.

Isso mesmo! Você não vai se desesperar por não saber nem como começar a analisar um extrato, seja de qual modelo for.

É só seguir esse passo a passo: 4 passos pra preparar a ação de revisão do FGTS e contar com a ajuda de uma ferramenta sensacional que vou comentar agora. Vem ver!

tudo que você precisa pra ajuizar a ação de revisão do FGTS para o cliente

4. Importador de dados: copiar e colar à mão valores desde 1999, nem pensar!

Dá pra imaginar quantas horas você levaria no cálculo de revisão do FGTS só pra importar ou copiar os valores de todos os extratos e ainda desde 1999?

Aliás, nem precisa imaginar! Afinal, é possível trocar horas por segundos e usar o tempo restante pra fazer mais revisões e garantir mais renda pro seu escritório.

É que no CJ tem um jeito bem prático, rápido e simples de lançar os valores para o cálculo.

No programa existem duas opções pra importar os valores:

  • Direto do extrato em PDF
  • Copiar e colar o texto

Olha só como é fácil:


E sabe o que é incrível?

Na importação, o sistema já capta todos os créditos de Juros e Atualização Monetária (JAM).

Além disso, o CJ também desconsidera os outros valores de entrada que só te confundem na hora dos cálculos ou que trazem uma metodologia de cálculo mais complexa pra discutir.

Ah, e tem mais! Não importa se o extrato do seu cliente é o modelo I ou II ou III. Seja o que for, o CJ faz a importação.

Então me diz: concorda que, com esse importador, cogitar Excel é loucura?!

Pois é… Calculando no CJ, você importa os extratos super rápido e ganha muito tempo na hora de buscar garantir o direito do cliente, como vou te mostrar com mais detalhes a seguir. Vem comigo!

5. Cálculos: 15 segundos capazes de garantir o direito do cliente

O que você consegue fazer no seu dia em apenas 15 segundos?

Pra muita gente, 15 segundos não são suficientes pra completar nenhuma atividade.

Mas sabia que 15 segundos no CJ podem te ajudar a garantir o direito de um cliente e mais lucratividade pro seu escritório?

É que no CJ, com apenas 15 segundos você faz um cálculo de revisão do FGTS e ganha tempo pra atender mais e com mais qualidade.

O melhor de tudo isso é que são 15 segundos que absorvem toda uma complexidade que deixa a gente de cabelo em pé e acaba trazendo vários errinhos de cálculo.

Afinal, os cálculos de revisão do FGTS não são tão simples como parecem…

Tem descapitalização dos juros, bases de cálculo e a diferença total acumulada entre os parâmetros.

Fora que você sempre vai precisar buscar os índices de correção monetária pra inserir na tabela, o que dá um trabalhão!

E não é só isso… Tem também toda a análise de várias e várias páginas de extratos dos depósitos de FGTS e da correção da conta.

E ainda é preciso lembrar de cada um dos milhões de detalhes que o cálculo exige.

Pra resumir: é um deus nos acuda que pode ser evitado com a ajudinha do CJ na hora do cálculo.

Cálculo da Revisão do FGTS no programa e importando extrato

Dica: além de ser fácil e rápido calcular no CJ, você conta com tutoriais em vídeos, textos e ícones que mostram passo a passo o que é preciso seguir pra obter o resultado.

Ah, e você ainda pode entrar em contato com nosso Suporte em tempo real que tá prontinho pra tirar qualquer dúvida que tiver ao calcular!

É por isso que milhares de advogados que estão usando o Cálculo Jurídico pra revisão do FGTS viram que estressar com Excel nos cálculos não é mais uma opção…

Usar um programa de cálculos poupa seu tempo e te permite focar em outras atividades mais importantes, como o atendimento ao cliente e a captação de novos clientes.

6. Modelo de Petição: fuja de erros e poupe horas peticionando

Pronto, você já agilizou seus cálculos e estás prestes a fazer parte do time de advogados que ajuizou a ação antes do julgamento do STF e pode se beneficiar caso haja modulação dos efeitos.

Mas por que “prestes”? Ainda falta algo pra fazer realmente entrar pra esse time?

Falta sim! Uma petição bem embasada e livre de erros.

É ali que você vai compilar todo o esforço que teve pra essa revisão e dar o xeque-mate pra conseguir o direito do cliente.

Aí você me pergunta: vale a pena procurar um modelinho na internet?

Bom, já ouvi casos de pessoas que usaram modelos assim em outras ações e a contraparte apontou um caminhão de falhas nos argumentos.

Não é pra menos: modelos de petições agilizam demais a vida de quem advoga, mas tem modelo por aí tão mal elaborado que mais atrapalha do que ajuda.

Pra te livrar desse inconveniente na ação de revisão do FGTS, os especialistas em Direito Civil aqui do CJ preparam um modelo sólido e bem fundamentado.

Ou seja: além de economizar tempo com os cálculos, você também vai poupar horas pra preparar uma petição do 0.

É só acessar o banco de petições do CJ e botar a mão na passa pra adaptar pro caso do seu cliente.

Ainda não usa o programa? Não tem problema! É só experimentar o CJ agora mesmo que rapidinho você acessa os cálculos e o modelo. ;)

7. Curso prático pra revisão do FGTS: o que não estão te contando sobre essa ação

É isso: você está com a faca e o queijo na mão pra entregar uma revisão de respeito!

Só que tem um porém: não dá pra dizer que existe causa ganha pro cliente, certo?!

Inclusive, o risco da ação sempre deve constar no contrato de honorários.

Claro, há grandes indícios de uma decisão favorável já que, em casos semelhantes, o STF não considera a aplicação da TR como índice de correção.

Mas olha, independente do resultado futuro, a verdade é que, sendo tratada de forma estratégica, essa a revisão pode ser um divisor de águas na sua carreira na Advocacia.

É que a revisão do FGTS não só pode te ajudar a ganhar dinheiro diretamente com a ação…

Ela também pode ser uma base de entrada e de expansão dos seus clientes.

Sim, a revisão do FGTS pode ser uma oportunidade de ouro no longo prazo pra quem advoga e isso está passando despercebido pra muita gente. ⠀⠀

Mas não pra você que acompanha o CJ!

Afinal, a gente preparou um curso exclusivo sobre a ação que vai te mostrar como lucrar com essa ação no êxito e, em especial, rentabilizar essa revisão no futuro.

Nesse curso, você conferir várias dicas pra garantir a satisfação do cliente com a ação do FGTS e pra garantir a demanda de outros serviços jurídicos do seu escritório com essa revisão.

É por isso que te falo: se eu fosse você, fazia como milhares de usuários do CJ e corria agora na aba de cursos pra descobrir o que ninguém está contando sobre essa revisão.

Ainda não tem o CJ aí? Se torne assinante e confira o curso agora!

Conclusão

O coração acelera só de pensar que não vai dar tempo de ajuizar a ação de revisão do FGTS pra todos os clientes?

Pode relaxar! Afinal, a receitinha que você viu aqui vai te poupar horas de trabalho e ser uma mão na roda pra entrar com a ação rapidinho!

E mais! Essa receitinha ainda vai ajudar a ter muito sucesso com cada ação de revisão do FGTS que aparecer no seu escritório.

Os ingredientes dessa receita você conheceu nesse post:

  • Manual completo sobre a revisão
  • Tutoriais pra acesso e análise dos extratos do FGTS
  • Cálculos automatizados, que são gerados com importação rápida dos extratos
  • Modelo de petição bem embasado pra ação
  • Curso prático sobre a revisão

O melhor é que nem precisa sair procurando esses ingredientes por aí: como você descobriu aqui, no CJ dá pra acessar a todos eles juntos!

Manual + Tutoriais + Cálculos + Petição + Curso: o melhor combo pra ação do FGTS você só tem no CJ!

É por isso que se você já usa o programa, vai ficar na frente de muitos advogados que ainda estão batendo a cabeça pra preparar essa ação.

E se ainda não usa, é só experimentar o CJ agora e começar a garantir a melhor revisão possível pros seus clientes e tirar a sorte grande no escritório com essa ação!

Mas bom, vou ficando por aqui.

Se tiver alguma dúvida ou alguma sugestão, deixa pra mim nos comentários. Vai ser um prazerzão bater um papo com você! ;)

O CJ é o software de cálculos para advogados feito pensando em produtividade.
O CJ acaba com a dor de cabeça dos cálculos e te dá mais tempo para advogar e ganhar mais dinheiro. Faça hoje um teste com garantia de dinheiro de volta e comprove.

Artigos relacionados


Deixe um comentário aqui embaixo, vou adorar saber o que você achou!