Veja o que você pode fazer com o cálculo do CJ de ROI Previdenciário

  • Encontrar o valor que o cliente vai receber de aposentadoria por toda a vida.

  • Descobrir em quantos meses o cliente pode recuperar o que investiu pra aposentadoria.

  • Entender se esperar uma regra de aposentadoria melhor vale a pena.

Começar o cálculo

Conheça outros cálculos previdenciários que vão fazer a diferença na aposentadoria do cliente e nos seus honorários.

Poder contar com o Cálculo de ROI Previdenciário do CJ faz a diferença pra fechar contratos e impressionar os clientes!

Afinal, pra quem advoga na área previdenciária, calcular o ROI e mostrar os valores envolvidos é fundamental.

E, cá entre nós, calcular na mão é um baita problema, porque, além de tomar seu tempo, você corre o risco de cometer erros que prejudicam o seu trabalho.

Por isso, o Cálculo de ROI Previdenciário é um super aliado pra você que já advoga no previdenciário ou quer começar a atuar nessa área. 🚀

Neste artigo, você vai descobrir tudo sobre essa poderosa ferramenta, além de conferir várias informações valiosas, olha só:

  • O que é o ROI?
  • O que é o ROI previdenciário?
  • Qual a porcentagem de um advogado previdenciário?
  • Como funciona os 30% do advogado?
  • Qual o valor máximo que um advogado pode cobrar?
  • Como se cobra honorários advocatícios na área previdenciária?

Pode crer que com tudo o que você vai conferir aqui, calcular os valores de benefícios e planejamentos previdenciários dos seus clientes vai ficar muito mais fácil!

Então bora descobrir os segredos sobre o ROI e como alavancar seu faturamento com esse serviço! 😊

Veja o que você pode fazer com o cálculo de ROI Previdenciário do CJ

Com o Cálculo do CJ, você e sua equipe ficam muito mais eficientes!

Mostrar os valores do ROI previdenciário para o cliente logo no primeiro atendimento faz toda a diferença na hora de fechar contratos previdenciários!

Afinal, quando você descobre esse dado, dá pra ver quanto a pessoa vai receber de benefício até atingir a expectativa de vida estimada pelo IBGE.

Com isso em mãos, você consegue apresentar ao cliente as possibilidades e os cenários mais favoráveis pra aposentadoria dele.

😍 Espia só tudo o que você pode fazer no Cálculo de ROI Previdenciário do CJ:

  • Descobrir o valor dos benefícios que o seu cliente pode receber por toda a vida
  • Calcular o ROI e encontrar em quanto tempo (meses ou anos) o cliente pode recuperar o investimento na Previdência
  • Comparar as diferentes regras pra entender se vale a pena esperar ou se aposentar mais cedo
  • E várias outras funcionalidades!

O acesso a todas essas informações agiliza suas análises e impressiona os clientes! 😊

Os atendimentos ficam muito mais rápidos e dá pra explicar tudo na hora, além de mostrar as possibilidades.

Incrível, né? Só que tem muito mais…

Se liga no que o CJ traz pra você turbinar sua advocacia e aumentar o faturamento! 💰

Conheça outros cálculos previdenciários que vão fazer a diferença na aposentadoria do cliente e nos seus honorários

Pra quem advoga no previdenciário ou vai iniciar na área, existem outros tipos de cálculos que não podem faltar no dia a dia!

Hoje, os mais quentes são esses aqui:

  • Planejamento Previdenciário
  • Tempo de Contribuição
  • Contribuições em atraso

Quem domina esses cálculos sai na frente e consegue entregar mais serviços pra muito mais clientes de forma eficiente!

Isso sem falar nos excelentes honorários!

O melhor é que com os cálculos do CJ não precisa ser nenhum especialista pra calcular esses temas!

O programa é bem fácil de usar e entrega resultados completos na hora, sem mistério! ✅

Só pra você ter uma ideia do que encontra no CJ, aqui vai um pequeno spoiler:

Planejamento Previdenciário

  • Os segredos de uma entrevista previdenciária completa
  • Quais documentos analisar e como fazer essa análise
  • Os principais pontos que não podem ficar de fora do parecer de planejamento previdenciário

Cálculo de Tempo de Contribuição

  • Como evitar erros com cálculos não exatos e arredondamentos que prejudicam sua análise e os benefícios dos clientes
  • Dicas pra ter mais eficiência na hora de calcular
  • Como descobrir o melhor direito pro cliente com tranquilidade
  • Acesso a relatórios completos com as possibilidades de aposentadorias, requisitos e diferenças entre as regras
  • Explicações sobre como cada uma das possibilidades do benefício têm impacto no direito do cliente

Cálculo de Contribuições em atraso

  • Como calcular os valores e saber se o cliente deve contribuir em atraso pra usar esses períodos pra aposentadoria
  • Dicas pra orientar os clientes com segurança sobre como recolher os valores atrasados
  • Os segredos pra evitar erros com cálculos equivocados ou com arredondamentos que prejudicam os segurados
  • Como aumentar a produtividade e a rapidez na hora das análises
  • Como garantir o melhor benefício ao cliente com as contribuições em atraso

Todas essas ferramentas sensacionais do CJ te ajudam na atuação, e isso aumenta os seus honorários no dia a dia! 🤑

Você ainda pode contar com um simulador de aposentadoria, que também é uma mão na roda!

E por falar em mão na roda…

Lembrete ao Advogado: Um bom programa de cálculos jurídicos é fundamental

Um bom programa de cálculos é fundamental, porque permite descobrir valores pras suas análises, na hora!

No direito previdenciário, surgem novidades a todo momento. 😱

Por esse motivo, os requisitos dos benefícios, os valores e as regras exigem muita atenção na hora de calcular.

A boa notícia é que o software de cálculos previdenciários do CJ ajuda sua equipe a arrasar nas análises previdenciárias!

Pode crer, esse programa faz a diferença no dia a dia do seu escritório. 😊

E ele não é só para os cálculos previdenciários, viu?

O software do CJ dá acesso a cálculos de outras áreas:

Com o software de cálculos do CJ, além de obter os valores na hora, você ainda tem acesso a relatórios completos e detalhados! 😎

Você entrega o relatório para o cliente no próprio atendimento, e deixa ele de boca aberta com sua agilidade e domínio do que faz.

O melhor é que o software é 100% online e dá pra acessar de onde estiver, pelo computador, tablet ou celular, com suporte total do CJ!

Bom, agora que você já viu que o Cálculo de ROI Previdenciário é incrível e entrega resultados impressionantes, que tal saber mais sobre o tal do ROI previdenciário?

Vem comigo! 😉

O que é ROI?

O ROI é a sigla pra retorno sobre o investimento (return on investment).

Na prática, é uma análise de quanto dinheiro a pessoa ou a empresa pode ganhar ou perder quando investe.

É uma projeção, um estudo dos resultados dos investimentos, que leva em conta uma série de fatores no cálculo.

A grande vantagem do ROI no mundo financeiro é que dá pra identificar quais são as melhores possibilidades pra investir.

As análises de grandes empresas e investidores usam o retorno sobre o investimento pra avaliar os próximos passos e fazer um planejamento adequado.

E você pode usar tudo isso no seu escritório! Quer ver como? 😉

O que é o ROI previdenciário?

O ROI previdenciário é fundamental pro planejamento dos benefícios dos seus clientes e ter uma ferramenta pra calcular esse dado ajuda demais na sua atuação!

Com o valor do retorno sobre o investimento na mão, você consegue mostrar qual é a diferença entre o que o segurado vai pagar para o INSS e o que ele vai receber depois de se aposentar.

Além disso, com o ROI, o cliente pode ver os valores de uma forma mais clara, o que ajuda a tomar decisões sobre a aposentadoria! 🤓

Pra calcular o retorno sobre o investimento previdenciário, é preciso descobrir as despesas (investimento) e a receita (benefício).

Nos investimentos, entram as contribuições para o INSS (em dia, em atraso ou as indenizações), além de outros pagamentos, como para o imposto de renda.

Já na receita, são todos os benefícios que o cliente recebe da data da possível aposentadoria até a estimativa de vida do brasileiro (divulgada pelo IBGE).

Com esses valores na mão, o ROI é o resultado da subtração do investimento do total do valor recebido.

Isso permite, entre outras coisas, descobrir:

  • Quanto tempo demora pra recuperar o investimento nas contribuições
  • Qual é a melhor regra pra se aposentar
  • Se compensa aumentar os recolhimentos ou não
  • E muito mais!

O ROI não pode faltar nos seus planejamentos previdenciários!

E com o Cálculo de ROI Previdenciário do CJ, você calcula ele num piscar de olhos.

Com isso, consegue atender mais clientes, fazer mais análises e aumentar sua atuação, com boas chances de honorários! 🤗

E por falar em honorários, você sabe a porcentagem que um previdenciarista pode cobrar em concessões de benefícios? Bora descobrir!

Qual a porcentagem de um advogado previdenciário?

O percentual de quem advoga na área previdenciária varia bastante de acordo com o lugar, a complexidade do serviço e os valores dos benefícios! 💰

Então, não existe umaregra que se aplica em todos os casos, mas algumas porcentagens são mais comuns na prática previdenciária, no intervalo de 20% a 30%.

O percentual de praxe costuma ser 30%, então é importante entender como funciona.

Por isso, vem comigo!

Como funciona os 30% do advogado?

Nas ações previdenciárias e nos requerimentos administrativos, os 30% do advogado são aplicados sobre o valor econômico na situação.

Na prática, é bastante comum que o cliente tenha atrasados pra receber quando se aposenta ou recebe outro benefício do INSS. 💰

Então, o cálculo é de 30% sobre esse valor, certo?

Acontece que não é só isso que entra na hora de calcular os honorários!

A própria OAB inclui as 12 prestações vincendas!

Ou seja, o cálculo dos 30% do advogado é feito assim:

Valor dos honorários advocatícios = (Atrasados + 12 x valor do benefício) x 30%

As outras porcentagens, como 20% ou 25%, também seguem a mesma ideia.

Vamos de exemplo pra ficar mais fácil de entender.

Imagine que o Sr. Cláudio se aposentou na justiça, e o valor do seu benefício é de R$ 2.000,00.

A ação judicial demorou 10 meses e, por isso, ele tem R$ 20.000,00 de atrasados pra receber.

Olha como fica o valor dos 30% do advogado:

Valor dos honorários advocatícios = (R$ 20.000,00 + 12 x 2.000,00) x 30%

Valor dos honorários advocatícios = R$ 13.200,00

Entendeu como funciona?

Não tem segredo!

Essa porcentagem pode variar muito, mas existe um limite para os honorários, que precisa ser observado.

Bora descobrir qual é no próximo tópico!

Qual o valor máximo que um advogado pode cobrar?

O valor máximo de honorários permitido pelo Código de Ética da OAB é a quantia que o cliente receber no processo.

Também existe um limite, considerado ético, que é de 50% do proveito econômico da causa, ou seja, do que a parte ganhou com a ação.

Então, é importante ter em mente que:

  • O advogado não pode receber mais que o cliente
  • Existe um limite ético de que o advogado não deve receber mais que 50% do valor obtido com o processo
  • O advogado deve ter bom senso e ponderação pra fixar os seus honorários

Com esses limites esclarecidos, chegou a hora de descobrir como definir os valores pra cobrar os honorários!

Como se cobra honorários advocatícios na área previdenciária?

Um dos desafios da advocacia é entender como cobrar os honorários advocatícios, em especial pra quem está no início de carreira.

Na área previdenciária, não é diferente, com algumas particularidades por conta do ramo!

Você já viu que os honorários contratuais costumam ser 30% do valor total dos atrasados mais os 12 primeiros benefícios.

Mas nem sempre é esse o valor praticado, já que tudo depende de cada caso.

Pra precificar o seu trabalho, é muito importante estudar o mercado pra entender a realidade do local, dos clientes e dos benefícios.

Além disso, você não precisa cobrar só pelo resultado da ação.

Algumas formas de atuação, como requerimentos e consultas, ou alguns casos de benefícios específicos, como BPC/LOAS, podem ter valores fixos.

Em outros casos, nos contratos de risco, os percentuais podem ser maiores e envolver quantias mais altas.

Outros fatores que devem entrar no cálculo dos honorários são:

  • Cobrar pela consulta
  • Considerar as despesas operacionais do escritório
  • Observar a tabela de custas e honorários da OAB do seu estado
  • Custo de parcelamento/juros
  • Deslocamentos
  • Diligências
  • Entre outros

Tudo isso influencia no momento de precificar seus serviços.

Se o cliente não tiver condições financeiras de pagar à vista ou mesmo de arcar com custas de consulta, documentos e diligências, uma alternativa é parcelar esse valor.

Cobrar ao final do processo todas as quantias também é uma opção.

Então, na hora de definir seus honorários, leve tudo isso em conta, já que não existe uma regra e cada região, tipo de benefício ou modelo de escritório tem uma realidade. 🤓

Conclusão

O Cálculo de ROI Previdenciário do CJ é um grande aliado dos previdenciaristas e muda a forma de atuar nas análises!

Os cálculos ficam muito mais eficientes com essa ferramenta, que permite alcançar voos mais altos na advocacia!

Descobrir o ROI em minutos é tudo o que você precisa pra fechar contratos e impressionar os clientes!

E aqui, além de conhecer essa ferramenta sensacional, você ainda conferiu dicas valiosas como:

  • O que é o ROI previdenciário
  • Qual a porcentagem de um advogado previdenciário
  • Como funciona os 30% do advogado
  • Qual o valor máximo que um advogado pode cobrar
  • Como se cobra honorários advocatícios na área previdenciária
  • E muito mais!

Agora você já tem tudo pra arrasar no seu próximo atendimento previdenciário!

Quer dizer, quase tudo!

Pra turbinar ainda mais seus resultados, conte com o software completo de cálculos previdenciários do CJ!

Se você ainda não usa o CJ, experimente agora e vem ver a produtividade do seu escritório decolar! 🚀

Lembrete ao Advogado: Um bom programa de cálculos jurídicos é fundamental

Com as constantes mudanças no Direito, é fundamental orientar os seus clientes sobre a diferença que faz a ajuda de um especialista na hora de avaliar todas as possibilidades e direitos nos processos.

Por isso, um bom programa de cálculos é uma mão na roda que ajuda a te deixar 100% confiante no escritório.

Com o CJ, você faz cálculos com precisão e, assim, poupa tempo para atender mais clientes, com mais qualidade.

Lembrete ao Advogado: Um bom programa de cálculos jurídicos é fundamental

Quero saber mais

Gostou desse conteúdo? Compartilhe: