Cível

Atualização de Débitos Judiciais: Como calcular no dr Calc?

Baixe o bônus do CJ

Sim, atualizar um valor judicial não é tarefa simples!

Aliás, me diz uma coisa: seus cálculos nunca são aceitos ou impugnados e você não entende o motivo?

Sei como é… A dificuldade é tanta que muitos advs até se recusam a fazer um cálculo de atualização de débitos judiciais.

Outros já preferem usar ferramentas gratuitas, sem nenhum suporte técnico e sem relatórios completos.

Ou pior, preferem deixar o trabalho na mão de terceiros, como da contadoria da Vara.

Tudo isso pode ser um verdadeiro tiro no pé que vai prejudicar (e muito) o cliente na hora de pagar a conta final!

Mas esse não vai ser o seu caso e nem dos seus clientes!

Afinal, neste post você vai descobrir como assumir o protagonismo da atualização sem dores de cabeça!

É que aqui você vai encontrar:

  • O que é e como fazer uma Atualização de Débitos Judiciais
  • Como é feito o cálculo de atualização monetária
  • Vantagens e desvantagens de calcular no Dr. Calc
  • E qual é a melhor solução pra você fazer o cálculo de débitos judiciais

Garanto que, depois de ler esse post, você vai dominar o A a Z desse cálculo e vai começar a atualizar um débito judicial sem precisar de ajuda!

E o melhor de tudo: vai conhecer a melhor ferramenta de cálculo pra fazer esse e muitos outros cálculos com tranquilidade e segurança.

Bora lá? Boa leitura!

Atualização de Débitos Judiciais: o que é e como fazer!

Pra saber como atualizar qualquer débito judicial sem erros, primeiro é necessário entender alguns detalhes deste cálculo tão usado no dia a dia da advocacia.

Entre eles:

  • O que é atualização monetária?
  • O que é um débito e um crédito judicial?
  • Quais áreas do direito usam o cálculo de atualização de débitos judiciais?
  • Como fazer cálculo de atualização de débitos judiciais?

Depois de entender tudo isso, te garanto que você vai saber direitinho como atualizar um débito judicial.

Assim, nunca mais vai depender da contadoria da Vara ou de outra pessoa pra realizar esse cálculo. Vem comigo!

O que é atualização monetária?

Atualizar monetariamente é repor o valor original de um débito!

Diferente do que muita gente pensa, a correção não gera um ganho patrimonial pra quem é o credor…

Ao contrário, ela mantém o patrimônio igualzinho e, com isso, evita que o devedor enriqueça.

Assim, é importante que você saiba que a atualização monetária abrange:

  • correção monetária
  • juros de mora
  • dedução de valores
  • moeda e paridades
  • despesas processuais
    • honorários periciais
    • honorários advocatícios
    • custas processuais
    • multas de litigante de má-fé e outras
    • etc

Bem mais abrangente do que você imaginava, né?

Então, pra facilitar, vou deixar pra você um vídeo que explica em apenas 3 minutinhos todos os elementos que a atualização monetária envolve. Olha só:


Bom, agora que você já sabe que é atualização monetária, o próximo passo é descobrir o que é o débito e crédito judicial. Vem ver!

O que é um débito e um crédito judicial?

Bom, não tem muito segredo… Débito é um termo que significa: o que se deve.

É sinônimo de dívida, ou seja, uma obrigação que a parte deve pagar ao credor.

Sendo assim, um débito judicial nada mais é do que uma dívida judicial.

O oposto disso tudo é o crédito.

Crédito é um valor que o autor (credor) da ação deve receber ao fim de um processo judicial.

São esses dois itens que vão precisar sofrer a famosa atualização monetária no decorrer do processo e que a gente vai conhecer melhor já já.

Mas antes, que tal descobrir quais áreas do direito esse cálculo pode se aplicar?

Segue comigo!

O cálculo de atualização de débitos judiciais é usado em quais áreas do Direito?

Você vai se surpreender com a resposta: todas as áreas do direito usam o cálculo de débitos judiciais!

Afinal, quando uma decisão judicial envolve valores e não uma obrigação de fazer e não fazer, o valor a ser quitado ao final do processo precisa ser atualizado.

Por isso, a atualização de débitos é essencial em qualquer cálculo judicial, independente do pedido das partes ou do juiz.

Com esse cálculo é possível atualizar o valor da causa ou liquidar e atualizar qualquer débito judicial que envolva pedidos, como:

  • indenização por dano moral
  • indenização dano material
  • pensão alimentícia
  • parcelas devidas
  • obrigações contratuais
  • dívidas
  • custas processuais
  • multas
  • honorários advocatícios

Ah, e pra facilitar na hora dos cálculos, já vou deixar uma dica de ouro, anota aí:

Nunca deixe de verificar o exato momento em que correção monetária, juros de mora, despesas e honorários começam a incidir.

Nem sempre o termo inicial é a partir da data do vencimento, sabia disso?

Cada caso é um caso e existem diversos pontos de partidas, como do ajuizamento da ação, da data do efetivo prejuízo ou dano e por aí vai.

Ana Paula do céu, então como vou saber de tantos detalhes?

Fácil! É só consultar e favoritar todas as tabelinhas do Guia Definitivo para advogados sobre Atualização dos Débitos Judiciais.

Eu não ia te deixar sem essa! ;)

Mas e aí, tranquilo até agora?

Então chegou a hora da prática: segue comigo pra descobrir como fazer o cálculo de atualização de um débito judicial.

Como fazer cálculo de atualização de débitos judiciais?

Atualizar valores judiciais é a dor de muitos advogados, inclusive já foi a minha também.

Assim, muita gente aposta na ajuda de alguém pra fazer o cálculo de débitos judiciais.

Eu entendo. Em muitos casos, terceirizar é necessário mesmo.

Mas atenção! Na atualização de débitos judiciais os seus cuidados devem ser redobrados por 3 motivos:

  1. Os contadores do juízo vão aplicar o entendimento do juiz
  2. Um terceirizado não tem os mesmos cuidados que você
  3. Quanto mais tempo tramitar uma ação judicial, maior é o valor final que o seu cliente vai ter que pagar.

Não preciso dizer mais nada, não é mesmo?!

E como eu sei que a atualização não é uma tarefa simples, resumi nesse carrossel e neste vídeo os 5 passos de Como Atualizar qualquer Débito Judicial.

Viu só? A gente mal começou e você já tem em mãos:

Mas atenção!

Esses são os primeiros passos pra você começar, mas falta o mais importante: descobrir qual ferramenta usar na hora do cálculo.

Vem comigo.

Ferramenta de Cálculo de Atualização Monetária: Dr. Calc!

Uma perguntinha que eu recebo sempre é se fazer os cálculos pelo Dr. Calc pode ser uma boa.

Pra responder isso, sempre busco levantar os pontos positivos e negativos do programa.

Saber quais são eles ajuda bastante a tomar uma decisão.

É por esse motivo que agora vou te mostrar todas as vantagens e desvantagens do Dr. Calc pra que você consiga decidir se vale a pena usar o programa.

Bora lá?!

Antes de tudo, o que é o dr. Calc?

O Dr. Calc é um site que oferece cálculos judiciais e financeiros de forma gratuita.

Também conhecido como Easy Calc ou Super Calc, o site está no ar desde o ano 2000.

É uma espaço disponível ao público geral, em especial, a advogados e calculistas.

O Dr. Calc é só um exemplo de ferramenta que escolhi pra te mostrar que é possível fazer a atualização de débitos sem precisar de ajuda.

Então vem comigo conhecer a visão geral que eu e muitos colegas têm a respeito desse programa!

Pontos Positivos do Dr. Calc

Alguns dos pontos positivos que a gente pode listar sobre o Dr Calc. são esses:

  • Ser Gratuito
  • Ter vários índices judiciais
  • Ter vários índices econômicos

A questão da gratuidade você já já vai saber a minha opinião e respeito a sua também.

Mas aí você pode dizer: Ah, mas o Dr. Calc tem todos os índices disponíveis.

Verdade, concordo com você.

Mas será se os índices sempre estão atualizados mesmo?

E afinal, qual índice você mais sente necessidade?

Me conta nos comentários qual é o índice judicial ou econômico que você mais precisa na prática porque tenho uma ótima surpresa sobre isso pra você logo mais!

Pontos negativos do Dr Calc

Bom, confesso que vejo algumas dificuldades no uso do Dr. Calc.

Os principais pontos negativos que encontrei foram:

  1. Interface antiga /confusa
  2. Sem suporte técnico para cálculos ou outros problemas
  3. O programa informa que os cálculos ficam salvos. Mas, na verdade, isso não acontece
  4. Não disponibiliza a extração de relatórios
  5. Não calcula a multa do art. 523 do CPC

São preocupações legítimas de quem advoga e tem um dia a dia super corrido com prazos, não é mesmo?!

E pra que você não fique na dúvida, vou te explicar melhor sobre cada um desses pontos:

1. Interface antiga /confusa

O próprio site afirma que a interface original se manteve por mais de 10 anos, sendo pouquíssimo alterada.

Aí você pode estar se perguntando:

Mas será que isso atrapalha muito?

Bom, o fato da interface ser antiga pode nem ser um incômodo pra algumas pessoas, mas pra muita gente é.

O design de uma interface diz bastante sobre um produto e vai muito além de algo “bonito”, como muitos podem ainda pensar.

Manter uma interface nada moderna demonstra falta de preocupação com:

  • Visual
  • Usabilidade no programa
  • Navegação
  • Transição entre telas
  • Funcionalidade bem exibidas e explicadas
  • E muito mais

E se um programa de cálculos não oferece nada disso, a sua gratuidade não vale a pena, na minha opinião.

Afinal, sempre busco facilidade nas ferramentas que escolho pra advogar e não abro mão disso.

Pensa comigo… A gente usa um software de cálculos pra facilitar a vida, certo?

Mas se ele é difícil de mexer e vai trazer dores de cabeça pra entender como calcular, aí é melhor nem usar!

E, infelizmente, tem mais ponto negativo. Olha só!

2. Sem suporte técnico para cálculos ou outros problemas

As inovações tecnológicas trazem benefícios, mas é necessário ter cuidado e dar suporte pra todo mundo que faz parte desse universo.

No Dr. Calc, por exemplo, não há nenhum tipo de suporte técnico.

Não existem canais de comunicação (e-mail, chat, telefone) ou alguma equipe pronta pra tirar dúvidas do programa.

Tanto é assim que na própria página do site tem um aviso na nota de rodapé com essa informação aqui:

“O usuário que utiliza os nossos serviços o faz por sua conta e risco, e aceita que não temos qualquer responsabilidade por danos de qualquer natureza resultantes desta utilização.”

Não ter o Suporte pode ser um problema pra gente que tá ali em busca de um resultado preciso.

Afinal, é natural que algumas dúvidas apareçam na hora do cálculo…

Dúvidas que podem ser o diferencial entre apresentar um cálculo certinho, que dê credibilidade pro processo ou colocar em cheque o direito do cliente.

E é por isso que o suporte sempre deve ser um dos critérios mais importantes na hora de escolher um software de cálculos.

Oferecer suporte revela muito sobre a empresa, sobre o cuidado e a responsabilidade que ela tem com você.

Bom, tem mais! Continue comigo.

3. Há informação de que os cálculos ficam salvos, mas isso não acontece

Armazenamento é tudo nos dias de hoje!

Ficar sem essa opção nem é uma possibilidade pra mim.

Afinal, ter um armazenador de dados poupa tempo, favorece o atendimento ao cliente e gera respostas mais rápidas.

E cliente feliz é resultado certeiro para o escritório.

E é por isso que considero esse um dos pontos mais críticos sobre o Dr. Calc: não armazenar informações.

No cálculo de atualização monetária, por exemplo, nem existe a opção de salvar.

Se você errar algo, zera tudo e começa de novo. Resultado: muito tempo perdido!

No cálculo de débitos judiciais, por outro lado, tem a opção de “salvar planilha”. Só que isso não é bem um salvar.

Na verdade, essa opção cria um arquivo html, como se fosse um link salvo pra poder acessar de novo no futuro.

Eu já perdi esse link várias vezes, e tive que começar tudo de novo.

Mas esse erro eu não cometo mais.

Prefiro apostar em um programa que fica tudo 100% salvo e me dá segurança.

Até porque, existem ainda mais dois pontos negativos no programa. Veja a seguir.

4. Não disponibilizar a extração de relatórios

Alguns advogados ainda pensam que apresentar cálculos atualizados é juntar uma planilha de cálculo sem explicação de como se chegou aos valores.

Bom, vamos nos colocar no lugar da outra parte que tem que impugnar esse cálculo. Seria ruim, não é mesmo?!

A verdade é que apresentar só aquela planilha em nada te favorece, pelo contrário, pode piorar a situação…

Afinal, a própria contadoria da Vara vai ignorar por completo os seus cálculos se não entender o que você anexou.

Se você só usa o resultado do Dr. Calc pra anexar nas ações, com certeza, comete esse erro.

Uma coisa é certa: ter cuidado com o que se apresenta faz toda a diferença pra que o cálculo seja aceito ou não.

E é por esses e outros motivos, que você nunca deve deixar de juntar um relatório que explique minimamente a metodologia do cálculo aplicada.

Bora pro último ponto?

5. Não calcular a multa do art. 523 do CPC

Eu não sei você, mas nunca consegui aplicar a multa do art. 523 no Dr. Calc.

Pra quem ainda não conhece, o artigo 523 do CPC diz que, caso o devedor não efetue o pagamento em 15 dias, a condenação é acrescida de multa moratória de 10% + honorários de 10%.

E isso é mais comum do que você pode imaginar.

Além disso, muita gente não sabe que base de cálculo dessa multa (multa moratória de 10% + honorários advocatícios de 10%) é a mesma.

Em regra, os dois incidem sobre o débito principal, acrescido, se houver, das custas processuais.

Eu inclusive já vi sentenças que aplicaram essa multa de duas formas diferentes:

  1. Incidindo sobre o valor total dos débitos já corrigidos (valor principal com correção monetária)
  2. Incidindo sobre a diferença dos totais de débitos e créditos (valor principal do débito corrigido - valor principal do crédito corrigido)

E não para por aí. Além das opções de cálculo que mostrei, tem muito juiz que manda incluir nessa base de cálculo: juros de mora e custas processuais.

Já deu pra perceber as variáveis nessa base de cálculo, não é verdade?!

E, infelizmente, se no meu caso tem multa do art. 523 do CPC, nunca consigo usar o Dr. Calc da maneira certinha, o que considero um ponto bem negativo.

Mas e aí, você concorda com os pontos negativos que listei do Dr. Calc?

Deixa um comentário aqui embaixo! Eu vou adorar saber a sua opinião.

Ah, e pensa que depois de toda essa análise eu esqueci de te dar a solução? Negativo!

Dá uma olhadinha no presente que separei pra você!

O Cálculo Jurídico como alternativa e porque ele é a solução pra você!

Área cível, tributária, familiar, penal, trabalhista… Não importa!

Agora você sabe como o cálculo atualização de débitos judiciais é útil pra todas as áreas e que o uso do dele é quase diário, não é mesmo?!

Você também viu aqui que calcular a atualização de débitos no Dr. Calc tem suas vantagens e desvantagens.

E que os pontos negativos pesam mais que os positivos.

Sendo assim, na hora de liquidar ações, estimar valor da causa ou atualizar qualquer débito e crédito judicial, não hesite em utilizar a melhor ferramenta de cálculo…

Uma ferramenta que uso e que indico de olhos fechados é o cálculo de atualização de débitos judiciais do Cálculo Jurídico.

Essa ferramenta é uma alternativa mais “profissional”, digna de escritórios bem estruturados.

Sem contar que o cálculo de atualização de débitos é fácil e rápido, dá só uma olhadinha nesse vídeo:

Achou interessante? Então deixa eu te dizer quais são as vantagens dela!

Assim fica mais fácil de visualizar porque essa é a solução pra atualizar valores judiciais no escritório ;)

Vem comigo!

Vantagens fazer o cálculo de atualização de débitos judiciais no CJ

Existem, pelo menos, 7 vantagens de usar o cálculo de atualização de débitos judiciais do CJ.

São elas:

  1. Multi funcionalidades
  2. Índices e programa sempre atualizados
  3. Extração do relatório com metodologia
  4. Cálculos pra várias áreas do Direito em um só plano!
  5. Interface intuitiva e com Tours Guiados
  6. Suporte técnico
  7. Ferramentas Poderosas de Captação e Gestão de Clientes!

Algumas delas, por sinal, eu já nem vivo mais sem!

Vem conhecer os detalhes!

1. Multi funcionalidades

Antes de escolher uma ferramenta de cálculo de atualização de débitos judiciais, sempre se pergunte o que ela faz.

No CJ, por exemplo, posso afirmar que o Cálculo de Atualização de Débitos faz:

  • lançamento de débitos
  • lançamento de amortizações (créditos a deduzir)
  • inclusão de custas processuais e outras despesas
  • cálculo de atualização monetária, juros moratórios, juros compensatórios
  • cálculo de multa com opções avançadas (outras bases de incidência)
  • cálculo da multa do art. 523 NCPC com opções avançadas (outras bases de incidência)
  • cálculo de honorários com opções avançadas (outras bases de incidência)
  • relatório completo do cálculo com detalhes da metodologia aplicada (arquivo PDF)

Incrível, né?! É o software de débitos judiciais mais completo que já encontrei!

Ah, e o melhor de tudo é que eles desenvolvem constantes melhorias que são solicitadas pelos usuários.

Um software que é construído junto com você parece um sonho, né? Mas te garanto que no CJ esse sonho virou realidade!.

2. Índices e programa sempre atualizados

Pode relaxar porque no CJ, índices e regras estão sempre atualizados.

O software está preparado pra reformas e mudanças e ainda mantém seus cálculos antigos atualizados. Maravilha, né?

Ah, e aqui você nem vai precisar se preocupar com índices e datas, ou até mesmo com aquelas esperas chatas de divulgação das tabelas de índices dos tribunais.

No CJ, estes dados ficam disponíveis de forma organizada e estão sempre atualizados.

E tem mais!

3. Extração do relatório com metodologia

Lembra o que eu falei sobre o zelo profissional de sempre anexar cálculos com relatório completo do cálculo?

Pois é! E pra facilitar sua vida, no CJ dá pra extrair um relatório completinhos dos cálculos.

Ajuda demais e é super auto explicativo.

No caso do cálculo de atualização de débitos judiciais, por exemplo, é possível entender toda a base de cálculo aplicada em cada item.

É perfeito pra juntar na ação e pra perito nenhum botar defeito. Vai por mim!

Mas não para por aí! Tem mais vantagens que vão te deixar de boca aberta!

4. Cálculos pra várias áreas do Direito em um só plano!

Além de calcular a atualização de débitos, no CJ você pode fazer cálculos de qualquer área disponível no programa e quantas vezes quiser.

Então pode esquecer o que já viu por aí de programas em que você paga um valor X por cada área de acesso.

No CJ, com um único plano você tem cálculos ilimitados de todas as áreas por cliente.

Isso mesmo! São cálculos ilimitados!

É uma flexibilidade que vai te permitir aproveitar oportunidades que outros advogados vão deixar passar.

Afinal, diversificar é uma ótima estratégia e pode trazer muita estabilidade para o seu escritório.

Além disso, tem 2 características do software CJ que vão brilhar seus olhos:

  • Alterações sem Limites: Se você fez um cálculo mês passado e quer atualizar a data base pra hoje, por exemplo, não custa nada! É só trocar a data e o resultado é atualizado na hora!
  • Dispensa Instalação: É possível acessar o site e usar de onde quiser pelo seu navegador de internet, inclusive em computadores Mac, no celular Android ou iPhone.

Ah, e a cereja do bolo: você nem precisa ser especialista em cálculos. A interface é tão simples que dá pra calcular com tranquilidade e confiança.

A propósito, é sobre essa quinta vantagem que a gente vai conversar agorinha.

5. Interface intuitiva e com Tours Guiados

Ninguém gosta de perder horas pra tentar desvendar como fazer, onde apertar e etc ao usar algum programa ou aplicativo.

E é por esse motivo que se tem coisa melhor no mundo da tecnologia do que uma interface intuitiva, eu desconheço!

E quando existem tours guiados pra dar o passo a passo então, nem se fala…

O meu sorriso vai de uma ponta a outra.

Só pra te dar uma palhinha de como os tours guiados facilitam a vida, olha que esclarecedor é ter um aviso desses durante o cálculo:

Como calcular a atualização de débitos judiciais

Agora me diz, é ou não uma maravilha ainda ter dicas práticas de como fazer o cálculo?

Bom demais poder contar com esses informativos! É um tremendo carinho e cuidado com o advogado.

Você também usa bastante? Conta pra mim nos comentários ;)

Ah, e por falar em carinho e cuidado, vem ver a próximo vantagem dessa ferramenta de cálculos (spoiler: eu não vivo sem e garanto que, depois de conhecer, vai sentir o mesmo!)?

6. Suporte técnico

Pode comemorar! No CJ, além de calcular de forma simples, você conta com um time de Suporte online que responde todas as suas dúvidas sobre os cálculos no programa.

Isso traz uma confiança imensa na hora fazer os cálculos e ajuda a obter resultados certinhos, que vão garantir o melhor cenário pro cliente e pro seu escritório

Cá entre nós, é difícil demais usar um serviço que não oferece suporte ou qualquer canal de comunicação, concorda comigo?!

Pois é, no Dr. Calc se você tiver algum problema ou erro (o que é comum), não tem ninguém pra te escutar, orientar ou resolver o seu problema.

Ah, e pra fechar com chave de ouro, a próxima vantagem é de cair o queixo, vem conhecer!

7. Ferramentas Poderosas de Captação e Gestão de Clientes!

Se eu fosse você ficava de olho no CJ, porque sempre tem coisa boa sendo lançada pra te ajudar a alavancar o crescimento do seu escritório.

O CJ faz de tudo pra te das oportunidades jurídicas mais quentes, além de trazer ferramentas muito úteis pro dia a dia.

E como a gente busca fazer isso acontecer? Através de tecnologia e inovação.

Quer ver alguns exemplos? Tá na mão:

1. Autocadastro de clientes

É só gerar um link, colocar no seu site ou enviar por Whatsapp e o cliente preenche todas as informações necessárias pra você fazer o primeiro atendimento.

Aí esses dados ficam certinhos no perfil do cliente dentro da sua conta do CJ e você economiza horas de trabalho indo atrás de dados dos clientes, não é incrível?

Assim você automatiza a captação de clientes e ganha mais informações pra fazer um primeiro atendimento que vai deixar o cliente encantado!

2. Visual Law e Linhas do Tempo em suas Petições

Se você quer aumentar as chances da sua petição chamar mais atenção por ter textos mais claros e destacados, precisa conhecer e apostar nas estratégias de Visual Law.

O Visual Law é uma tendência que ganha cada vez mais espaço na Advocacia porque poupa tempo do advogado, cliente e juiz.

E sabe o que é mais legal? No CJ você conta com ferramentas incríveis pra começar a aplicar essa tendência no seu escritório e ganhar horas peticionando.

Uma dessas ferramentas é o Gerador de Linhas do Tempo, olha que fantástico:


Os assinantes podem usar o Gerador de Linhas do Tempo na parte de Extensões do programa e em qualquer um dos planos de assinatura.

Faça o teste e depois confere o resultado na taxa de sucesso das suas ações (e no tempo enorme que vai poupar).

Garanto que você vai adorar!

3. Fichas de entrevistas

Por trás de toda ação de sucesso sempre existe uma excelente entrevista prévia com o cliente!

A verdade é que tudo que você deixa de extrair da entrevista reflete diretamente no sucesso da ação do cliente e, por consequência, nos seus honorários.

É por isso que não pode faltar nos seus atendimentos, uma das ferramentas jurídicas que considero mais importantes pra uma ação: a ficha de entrevista.

Essa ficha vai te ajudar a:

  • Descobrir oportunidades para ganhar mais dinheiro para você e seu cliente
  • Evitar o retrabalho fazendo as perguntas certas logo no começo

E sabe o que é melhor?

Você pode ter acesso a elas de forma gratuita!

Afinal, o CJ disponibiliza duas fichas de entrevistas (previdenciária e trabalhista) pra você baixar agora mesmo!

Dica: elas são 100% customizável pra identidade visual ficar com a carinha do seu escritório.

4. Calculadoras Gratuitas

Chuta quantas calculadoras gratuitas o CJ disponibiliza?

São tantas que eu até perdi as contas! E o mais legal é que sempre tem mais lançamentos!

E tem pra várias áreas, viu? Olha só:

  • Calculadoras Previdenciárias
  • Calculadoras Bancárias
  • Calculadoras Trabalhistas
  • Calculadoras Tributárias
  • Calculadoras de Utilidades

São dezenas de calculadoras pra você utilizar quantas vezes quiser.

Algumas delas inclusive você pode incorporar no seu site pra atrair clientes. Sabia disso?!

Ah, e claro que não posso deixar de comentar que, pro cálculo de atualização de débitos, as minhas queridinhas são essas duas:

Elas são super práticas e muito, muito úteis, em especial, na hora da reunião com o cliente ou mesmo durante um acordo judicial.

5. Modelos de Petições

O CJ reuniu mais de 90 modelos de petições exclusivas e preparadas por especialistas.

E sabe o que é melhor? Você tem acesso aos modelos de todas as áreas, entre elas:

  • Cível
  • Tributária
  • Trabalhista
  • Penal
  • Previdenciária

É só acessar a aba “Materiais” do programa e pronto: poupar tempo não só com os cálculos, mas também com a fundamentação dos seus casos.

Ufa, é muita coisa não é mesmo?!!

Então aproveite o momento e faça um teste com garantia de 15 dias de dinheiro de volta.

Ah, e se você já experimentou e sentiu falto de algo, por favor, não deixar de comentar comigo hein!

Conclusão

Você acabou de descobrir que fugir da atualização de débitos não é uma opção mais!

Afinal, você coloca em risco o direito do cliente!

Mas viu também que atualizar valores judiciais pode ser muito mais simples que você imagina.

Afinal, pra isso pode contar com o CJ, um programa que te permite fazer um cálculo de atualização em minutos e extrair relatórios prontinhos pra anexar ao processo.

Um programa que, além de oferecer cálculos pra várias áreas, petições, cursos e calculadoras gratuitas, é, também a melhor alternativa pra contornar probleminhas que ferramentas gratuitas como o Dr. Calc apresentam.

Probleminhas como:

  • Interface antiga /confusa
  • Sem suporte técnico para cálculos ou outros problemas
  • Diz que salva os cálculos, mas não salva
  • Não ter relatório
  • Não calcular a multa do art. 523 do CPC

Probleminhas que você percebeu que não dá pra ignorar, já que atualização um débito judicial é coisa séria e impacta direto no bolso do cliente.

Mas não parou por aí!

Você também entendeu direitinho o que são os débitos judiciais, em que áreas do direito você precisa desse cálculo, o passo a passo de como atualizar e muito mais.

Com tudo o que você viu aqui, agora é só colar no CJ e pronto: ficar super confiante pra realizar os cálculos de Atualização de Débitos Judiciais.

Bom, vou ficando por aqui, mas aproveita e comenta se gostou deste post. Vou adorar saber o que você achou.

Cálculo Jurídico - múltiplos serviços

O CJ é o software de cálculos para advogados feito pensando em produtividade.
O CJ acaba com a dor de cabeça dos cálculos e te dá mais tempo para advogar e ganhar mais dinheiro. Faça hoje um teste com garantia de dinheiro de volta e comprove.

Artigos relacionados

Deixe um comentário aqui embaixo, vou adorar saber o que você achou!