Previdenciário

Como fazer cálculos previdenciários grátis: calculadoras online

Baixe o bônus do CJ

Presente pra você!

Análise do CNIS do cliente em segundos!

Você sabia que o CJ disponibiliza 9 calculadoras previdenciárias totalmente gratuitas pra você?

Pois é! São calculadoras que ajudam demais no dia a dia da advocacia previdenciária.

E assim, quando eu digo ajudar, é realmente pegar na sua mão e quase que fazer por você boa parte do trabalho.

Isso mesmo! Você não vai mais precisar sofrer com planilhas pra cálculos previdenciários.

Não tô brincando não, viu!

Se você acha que é exagero meu e pensou:

“Ah, mas Carla, por que o CJ daria acesso gratuito a todas essas calculadoras se é tão bom do jeito que você fala?”

Porque o CJ conhece as dores do advogado previdenciário no dia a dia.

A gente sabe o que é perder horas e horas fazendo comparações de salários e calculando tempo de contribuição numa tabela, entre outras muitas atividades dos previdenciaristas.

Aliás, aposto que você leu isso e já se imaginou com aquela planilha cheia de colunas com salários…

E mais! Lembrou dos olhos ardendo de ficar em frente à mesma tela, e o cérebro dando bug de tanto ver número e fazer cálculos (aqueles que quase todo advogado tenta fugir a vida todinha).

Mas então fica comigo até o fim do post porque logo logo esse tipo de problema vai acabar!

É que aqui você vai ver quais são as calculadoras que o CJ oferece e como usar todas elas a seu favor:

  1. Calculadora simplificada de tempo de contribuição
  2. Calculadora de qualidade de segurado
  3. Calculadora de fator previdenciário
  4. Calculadora de nível de ruído
  5. Calculadora de honorários previdenciários
  6. Comparar CNIS e carta de concessão
  7. Calcular o prazo decadencial previdenciário
  8. Calcular acumulação de benefício com pensão por morte
  9. Calculadora de pedágio para aposentadoria
  10. Bônus: calculadora de evolução da RMI

Ah, e se isso não te convenceu a acompanhar esse post, quem sabe o que vou contar agora, convença.

Bom, com exceção da calculadora bônus, o restante é gratuito!

Dizem que grátis até injeção na testa tá valendo, né? Haha.

Mas te prometo que isso é mil vezes melhor que injeção na testa, sem pegadinha, sem você precisar fazer nada, vai ser só acessar o link das calculadoras ao final e aproveitar!

Então bora pro que interessa?

Vem descobrir como usar cada calculadora e como elas vão trazer vantagens pro teu escritório.

Antes, deixa eu te lembrar que dá pra fazer cálculos previdenciários completos com uma velocidade e precisão que você jamais imaginou, viu?

O Advogado Guilherme Augusto Brescovici viu isso na prática e compartilhou um pouquinho sobre a agilidade e segurança que adquiriu na Advocacia:


Gostei, quero começar o teste agora

Bom, mas agora chegou a hora de descobrir como a sua vida no Previdenciário vai mudar com tantas ferramentas essenciais pro mundo jurídico.

P.s: além das 9 calculadoras, você ainda vai levar pra casa duas outras ferramentas gratuitas que vão simplificar demais sua rotina como previdenciarista.

Calculadora Simplificada de Tempo de Contribuição

A calculadora simplificada de tempo de contribuição é excelente pra calcular rapidamente o tempo de contribuição do seu cliente.

Ela ajuda inclusive a dar aquela impressionada no cliente durante o atendimento e a primeira entrevista.

Isso porque, com ela, você não precisa fazer cálculos por tabelas ou de forma manual com papel e caneta, naquele estilo bem “old school”. Hehe

Olha só como ela é simples:

como calcular tempo de contribuição grátis

Pra encontrar o resultado, basta você preencher a data base, o nascimento do cliente, e as datas de início e fim de cada período.

E nem preocupa porque ela permite que você calcule o tempo de contribuição considerando o Decreto 10.410/2020.

Bem fácil, não é mesmo?

Ah, e se você tem um site, pega a dica que vou dar agora, porque ela pode alavancar o volume de clientes do seu escritório.

É que essa calculadora pode ser incorporada no site do seu escritório. Eu diria que isso é nada menos que incrível. ;)

E o melhor de tudo: de graça!

Tem muitas pessoas que não fazem ideia de como calcular a aposentadoria, mas têm noção de quanto tempo mais ou menos já trabalharam.

Por exemplo, suponha que uma dessas pessoas é o Bruno, já com 50 anos de idade, pensando em quando vai se aposentar e procurando informações sobre aposentadoria na internet.

Aí o Bruno encontra o site do seu escritório, e para surpresa, ele mesmo consegue calcular a própria aposentadoria.

Tá, mas como isso pode ser vantajoso pro advogado, Carla?

Te digo que de todas as formas. Vem entender como isso vai ocorrer.

Pois então, se o Bruno verificar que está perto de se aposentar, ele pode querer agendar uma consulta com você pra verificar todos os períodos que ele trabalhou, pra ter uma análise jurídica.

E o outro lado da moeda também pode ocorrer.

Imagine que um segurado que quer se aposentar com o máximo de valor possível, descobre, pelo seu site, que terá muitos anos de contribuição ainda pela frente.

Pode ser que, nesse momento, ele pense em um planejamento previdenciário.

E de quem esse segurado vai lembrar pra planejar sua aposentadoria?

Grandes chances que seja você, se você incorporou a calculadora no seu site e foi ali que ele fez os cálculos.

Ou seja, essa calculadora no site de um advogado pode ser um chamariz de possíveis clientes. #ficaadica

Então, se eu fosse você, já favoritava o link pra acessar a calculadora do tempo de contribuição em atendimentos.

E, se você já tem um site, já daria uma olhadinha em como fazer pra colocar a calculadora nele.

Calculadora de Qualidade de Segurado

A calculadora de qualidade de segurado é aquela calculadora que vai te salvar.

O advogado que nunca contou as contribuições no papel e caneta, que atire a primeira pedra.

E tudo pra saber se o cliente tem ou não qualidade de segurado em determinada época.

Por incrível que pareça, esse é um dos grandes motivos do INSS negar benefícios como o auxílio por incapacidade permanente, por exemplo.

Então, é preciso ter muita segurança no momento de verificar se o cliente tem ou não qualidade de segurado.

E é claro que o CJ iria te ajudar nessa também!

Pra você obter o resultado, basta responder algumas perguntas da calculadora. São elas:

  • Já fez alguma contribuição para a previdência?
  • Parou de contribuir para a previdência?
  • Está gozando de benefício da previdência?
  • Por qual motivo o segurado interrompeu as contribuições?

Bem fácil, não é mesmo?! Então já vou até deixar o link pra você começar a aproveitar: Calculadora grátis de qualidade do segurado.

E não preocupa porque ela tá atualizadinha com as Regras da EC 103/2019!

Ah, e assim como a calculadora simplificada de tempo de contribuição, você também pode incorporar a calculadora de qualidade de segurado no seu site.

Assim, seus clientes vão poder fazer as simulações quantas vezes quiserem, sem cadastro e imprimir os resultados.

Calculadora de Fator Previdenciário

Outra calculadora grátis que o CJ oferece é a de fator previdenciário.

Bom, essa calculadora é como dizem, “uma mão na roda” pra conferir se o INSS calculou o fator certinho na aposentadoria do cliente.

Basta você:

  • Preencher alguns dados básicos do cliente, como nome e nascimento
  • Colocar o tempo total de contribuição do segurado
  • Prontinho, o programa calcula o fator pra você!

Fácil, rápido e seguro. Você tem o fator calculado em menos de um minuto, praticamente.

Ah, é claro que você também pode colocar essa calculadora no seu site como um diferencial.

Já pensou na possibilidade de um aposentado usar e ver que o fator não está batendo com o fator da aposentadoria dele?

Pois então! Esse aposentado pode facilmente se tornar um cliente do seu escritório, pois pra revisar a aposentadoria, o ideal é que ele procure um advogado.

Gostou né?! Então depois acesse ela por aqui:Calculadora de Fator Previdenciário.

Calculadora de Nível de Ruído Normalizado

A calculadora de nível de ruído é muito boa pros casos de aposentadoria especial, viu?!

Se você nunca usou ela, pode estar deixando alguns honorários passar na sua frente.

Sim, é isso mesmo, você pode estar perdendo o famoso “money que é good e nóis não have”, como diria os saudosos Mamonas Assassinas.

Bom, primeiro, peço, por gentileza, que você não desista do post por causa da piada acima. ;)

Fica aqui que vou te explicar como essa calculadora vai te ajudar nas ações previdenciárias, e também, nas ações trabalhistas.

É uma ferramenta incrível até pra quando o segurado tem algum período de trabalho que você ainda não tem certeza se pode ser considerado atividade especial.

De forma simples, nessa calculadora, você vai colocar o nível de ruído que o segurado estava exposto no trabalho, e a quantidade de minutos trabalhada por dia.

E com apenas esses 2 dados, vai verificar qual é o nível de exposição normalizado.

Ah, e pra ficar mais fácil, vou explicar o que é essa exposição normalizada que a calculadora mostra.

Antes de tudo, tenha em mente que os níveis aceitáveis de ruído no trabalho são em decibéis.

Mas, tem um detalhe super importante aqui: esses decibéis são considerando que o segurado teve uma jornada de 8h diárias de trabalho.

Só que, nem sempre o trabalha 8h por dia, certo?

Bom, é aí que entra essa calculadora incrível!

Afinal, com ela dá pra calcular efetivamente pra cada cliente sobre qual nível de exposição ele está, conforme as horas trabalhadas.

E aí você pode pensar:

“Mas Carla, se ele trabalhou mais de 8h em um ambiente com ruído acima do permitido, é óbvio que tem direito ao reconhecimento desse tempo como especial.”

Sim, sei que nessa situação é óbvio mesmo.

Mas a jogada aqui é pra quando seu cliente trabalha frente a um ruído menor que o limite, mas trabalha mais que 8h por dia nessa situação.

Será que isso também não é prejudicial pra saúde do trabalhador?

Mesmo num ruído menor que o limite estipulado em lei, por estar mais tempo nesse local, essa atividade não poderia ser insalubre?

E é com isso que essa calculadora vai te ajudar!

Você vai ter uma maneira de demonstrar que o cliente pode estar trabalhando numa atividade especial, ainda que, em tese, o ruído que ele esteja exposto seja abaixo do limite.

Com isso, você consegue usar essa calculadora tanto pra ações previdenciárias como também na esfera trabalhista.

É o combo 2 em 1 perfeito. E melhor de tudo: gratuito!

Bacana, né?

Quem advoga no previdenciário, sabe que um período considerado especial pode ser o que faltava pro cliente conseguir a aposentadoria. E o advogado garantir os honorários.

Então, minha sugestão é: sempre que você verificar uma atividade com exposição a ruído, corre pra essa calculadora!

Pra verificar mais sobre como funciona essa continha, acesse a calculadora de ruído normalizado aqui e já aproveita pra fazer uns testes!

Calculadora de Honorários Previdenciários

Pode comemorar, quando você abrir essa calculadora será um dia feliz pra nação dos advogados!

Afinal, nada melhor que calcular os honorários que você vai receber.

Bom, felizmente, tem coisa melhor sim: quando você vai calcular os honorários e ainda consegue fazer isso de forma prática, rápida e segura!

Olha só como essa calculadora é tudo que o previdenciarista pediu ao universo.

Já vou logo mostrando uma imagem dela pois é tão fácil de calcular, que chega a ser autoexplicativo:

como calcular honorários previdenciários grátis

Não preciso falar mais nada, né?

Preencheu valor dos atrasos e dos benefícios, o percentual de honorários e a quantidade de benefícios e pronto: resultado na mão.

Fácil, rápido, prático e seguro.

Melhor que isso, só um combo: a calculadora de honorários e, de quebra, um Modelo de Petição para Destacamento de Honorários. Aproveite!

Dito isso, vou poupar minhas palavras e seguir pra próxima calculadora previdenciária que vai brilhar seus olhos.

Calculadora de Prazo Decadencial Previdenciário

Tá com um processo de revisão em mãos e não sabe calcular a decadência?

Preocupa não que o CJ faz isso pra você.

Bom, a gente sabe que o prazo decadencial pra revisão de benefício previdenciário é de 10 anos.

Mas, a coisa não é tão simples quanto parece.

E se você não calcular direitinho esse prazo, pode perder muitos clientes ao longo do caminho.

Por isso, é sempre importante confiar numa ferramenta como essa calculadora pra ter certeza que o direito do seu cliente não decaiu.

E fica a dica aqui: olhe sempre pra data de recebimento do primeiro benefício, ao invés de olhar para a DIB na carta de concessão.

Pra saber qual foi essa data, você vai conferir o histórico de créditos do cliente.

Feito isso, é só preencher as informações na calculadora e “voila”, você terá a data certinha de quando decai o direito de revisão.

Ah, e outro detalhe, você também pode inserir essa calculadora no seu site hein.

Imagine quantos clientes vão usar, verificar que ainda podem revisar o benefício, e irem em busca de um advogado?!

Pois é! Além de ser uma ferramenta fácil e prática, ainda pode ser uma isca de clientes no seu site, então aproveita:Calculadora de Prazos Decadenciais Previdenciários.

Calculadora de Acumulação de Benefícios com Pensão com Morte

Você calculou a aposentadoria do seu cliente ou a pensão, e não sabe como vai ficar esse valor aplicando o redutor de benefícios cumulados?

Não precisa mais gastar tempo aplicando redutor em cálculos manuais, com aquela insegurança se está realmente certo ou não.

Na calculadora de acumulação com pensão por morte, em questão de minutos, dá pra encontrar o valor dos dois benefícios!

Ou seja, você calculou uma aposentadoria no CJ, mas o cliente já recebe uma pensão, e é preciso verificar como ficaria a acumulação dos dois benefícios?

Então essa calculadora é a solução!

Basta você preencher alguns dados rápidos e o programa já te mostra como fica a RMI de cada benefício.

Trocando em miúdos…

Se você já tem em mãos a RMI do benefício que será cumulado com a pensão, pra ter certeza se o cliente está recebendo o valor certinho do INSS, é só usar a calculadora.

Calculadora de pedágio para aposentadoria

Com a calculadora de pedágio, você vai conseguir calcular o pedágio pra aposentadoria do INSS, e também pra aposentadoria de RPPS.

Você não leu errado não! Dá pra usar essa ferramenta no regime próprio também!

Isso porque essa calculadora é totalmente moldável pro caso do seu cliente, pois você pode usar a data que quiser pra calcular o pedágio.

Como muitos regimes próprios também tiverem suas próprias reformas, vai ser possível editar a calculadora conforme cada caso.

E além de poder editar a data, você vai conseguir alterar o percentual do pedágio exigido.

Pra isso, é só preencher os dados do cliente e as datas que você precisa e deixar o restante pra calculadora.

Bem fácil e intuitiva, olha só: Calculadora de Pedágio para Aposentadorias.

Bônus: Calculadora de Evolução da RMI

Ta aí uma calculadora que é excelente pra você confirmar se o INSS fez a evolução do benefício do seu cliente de forma correta.

De forma bem rápida, a calculadora de evolução da RMI vai te mostrar qual é a RMA (RMI evoluída) para a data que você desejar.

Já aconteceu de virar ano e a aposentadoria de algum cliente ficar muito menor do que deveria?

Nessa calculadora você consegue conferir certinho se o INSS fez certinha a evolução do valor da aposentadoria.

Então, ela pode ser bastante usada pra casos de revisões de aposentadoria, e também pra conferir as liquidações de sentença feitas pelo INSS.

Pra ficar mais fácil de entender, toda vez que você quiser, por algum motivo, conferir quanto ficaria a RMA do benefício em alguma data específica, é só recorrer a essa calculadora.

Afinal, ela te mostra o valor que você precisa em questão de 2 minutos ou nem isso (depende do tempo de preenchimento dos dados na calculadora).

Incrível, né?! Então se você já é assinante do CJ, pra usar essa calculadora, é só clicar na aba de Utilidades dentro do programa.

E, se você ainda não é assinante, mas seus olhos brilharam com tudo o que o CJ oferece, pode experimentar ainda hoje e aproveitar essa calculadora e diversas outras facilidades.

Agora, cá entre nós, nem só de cálculos vive o advogado previdenciário, não é mesmo?!

Quem advoga vive debruçado em pilhas de documentos.

E foi pensando nisso que o CJ foi além e desenvolveu duas ferramentas, também gratuitas, que vão aumentar muito a produtividade de quem advoga no Previdenciário. Vem ver!

Comparador de CNIS e Carta de Concessão

Que atire a primeira pedra o advogado que pegou uma carta de concessão, olhou pro CNIS, olhou pra carta de novo, e não entendeu nadinha do que estava ali.

Ah, vazou imagens que traduzem esse sentimento:

cálculos previdenciários grátis online

Brincadeiras à parte, isso já aconteceu comigo demais!

E a maior parte das vezes o motivo era divergências de salários entre a carta e o CNIS.

Aí não deu outra: perdi horas e horas comparando salário por salário pra conferir o que não estava batendo entre os documentos.

E pior, eu ainda fazia essa análise mais de uma vez, pra ter 100% de certeza de quais salários estavam errados.

Mas, a boa notícia é que você não vai precisar passar por esse sufoco nunquinha!

Afinal, o CJ faz essa análise de forma automática pra você.

Em, literalmente, dois cliques, dá pra obter essa comparação entre os salários do CNIS e os salários da carta.

Com essa comparação em mãos, você vai conseguir fazer várias análises, e até identificar possíveis casos de revisão.

Parece até magia haha. Mas é só tecnologia! Um verdadeiro presente pros previdenciaristas!

Eu não tenho nem palavras pra descrever como essa ferramenta é útil na vida do advogado previdenciarista.

Então vou deixar uma imagem de como me sinto por nunca mais perder horas e horas anotando salários pra identificar um erro do INSS:

Como comparar CNIS e carta de concessão

Ah, e se você achava que não poderia ser melhor, te digo que o CJ entrega tudo: essa ferramenta é gratuita!

E eu não brinquei quando disse que o CJ realmente entrega tudo: você ainda consegue imprimir essa análise!

Então, seja você assinante ou não, apenas aproveite: Como comparar CNIS e Carta de Concessão em minutos. :)

E antes que você pense que acabaram os presentes, olha só essa surpresa final!

Extrator de Salários do CNIS ou Carta de Concessão

Por fim, e não menos importante: o extrator de Salários do CNIS ou Carta de Concessão.

Como o próprio nome diz, através dessa ferramenta, dá pra conseguir extrair salários do CNIS ou salários da carta de concessão.

Ela é excelente pra você passar os salários do CNIS ou da carta de concessão pra algum documento, seja um relatório pra apresentar ao cliente, uma planilha ou até alguma petição.

É só importar o documento, e o programa já transforma o CNIS ou a carta em formato de tabela.

Aí, em menos de 2 minutinhos, é possível ter todos os salários copiados.

Assim como todas as outras calculadoras grátis disponíveis aqui do CJ: prático, rápido e seguro. Não dá pra não incorporar no dia a dia: Como extrair Salários do CNIS ou Carta de Concessão.

Conclusão

Você acaba de ganhar uma dezena de presentes que valem mais que barra de ouro na vida dos previdenciaristas! hehe

Pra quem atua há anos no Previdenciário, está começando na área agora ou é especialista em cálculos, essas calculadoras vão facilitar demais o dia a dia.

Parece até exagero falar assim, né?

Mas, veja bem, nesse post você conheceu DEZ calculadoras rápidas e práticas que vão te livrar de planilhas de cálculos previdenciários.

E ainda descobriu como acessar duas ferramentas gratuitas que vão mudar o patamar de produtividade do seu escritório.

Agora é só correr pro abraço e aproveitar que essa dezena de ferramentas vai permitir que você:

  • poupe tempo
  • atraia mais possíveis clientes
  • gere mais lucros no escritório
  • tenha economia financeira

Afinal, se antes levaria de 4h a 5h pra fazer algo, agora sabe que pode levar apenas 5 minutos, como pra comparar salário por salário entre um CNIS e uma carta de concessão.

E mais! Depois da leitura, você também sabe que, se antes você pagava um profissional pra fazer esses cálculos e análises, não precisa mais gastar esse dinheiro.

Só que não para por aí. Você ainda vai começar a chamar atenção de pessoas que antes nem te conheciam e aumentar seu número de potenciais clientes.

Isso porque, você viu que vai poder disponibilizar várias calculadoras gratuitas no seu site pra essas pessoas perceberem que podem ganhar mais do INSS.

Em outras palavras, com esse post, você descobriu que é possível começar a economizar tempo e conseguir mais clientes.

E o resultado? Simples! Fazer o lucro do seu escritório pode dobrar, pois você terá muito mais resultado mais em muito menos tempo.

E pra poupar mais ainda seu tempo, além do acesso pra todas as calculadoras gratuitas, vou deixar também o link pra começar a fazer cálculos previdenciários completos que vão te ajudar a sair na frente!

Cálculo Jurídico - múltiplos serviços

Cálculo Jurídico é o software de cálculos previdenciários para advogados de sucesso que levam a sério o seu trabalho. Ele acaba com a dor de cabeça dos cálculos previdenciários. Assim você tem mais tempo para advogar e ganha mais dinheiro, reconhecendo mais direitos dos seus clientes.
Faça hoje um teste com garantia de dinheiro de volta e comprove. Aumente a RMI com a nova ferramenta da "Melhor RMI automática".

Artigos relacionados

Deixe um comentário aqui embaixo, vou adorar saber o que você achou!