Capa do Artigo Como calcular juros de processo trabalhista? do Cálculo Jurídico para Advogados

Como calcular juros de processo trabalhista?

Baixe o bônus do CJ

Presente pra você!

Modelos de Petições Trabalhistas

Calcular juros e correção monetária no processo trabalhista é fundamental pra quem advoga ou quer advogar na área.

Afinal, a condenação e a vitória na ação não significam o final do trabalho.

Depois de vencer a causa, entram em ação os cálculos!

Dominar essa etapa é importante pra garantir que os clientes recebam os valores corretos. 💰

Muitos advogados ainda insistem nos cálculos manuais e nem dão bola pra diferença dos índices de correção ou de juros…

Só que com você vai ser diferente!

Isso porque você vai conferir informações preciosas do post de hoje, espia só:

  • Como uma Calculadora de juros do processo trabalhista ajuda na prática?
  • O que é a tabela única pra atualização de débitos trabalhistas?
  • Como calcular os juros de um processo trabalhista?
  • Como funcionam os juros no processo trabalhista?
  • Como fazer atualização de cálculos trabalhistas?

Com tudo o que você vai descobrir aqui, qualquer cálculo trabalhista vai ficar fichinha!

Ainda mais com as ferramentas e calculadoras trabalhistas gratuitas do CJ, que facilitam demais os cálculos de atualização.

E se já quiser entender melhor por que dominar os cálculos trabalhistas vai alavancar a sua carreira, assiste essa live com o Advogado e Especialista em Cálculos Trabalhistas do CJ, Paulo Octávio Araújo:

Gostei, quero começar o teste agora

Agora, pra começar com o pé direito, que tal conhecer uma ferramenta poderosa que é o segredo dos escritórios de sucesso? É pra já! 😊

Calculadora de juros de processo trabalhista

Os cálculos na Justiça do Trabalho ficam muito mais tranquilos com umacalculadora de juros de processo trabalhista, viu?

Afinal, quem advoga não quer ter que calcular na mão, procurar os índices em longas tabelas nem demorar pra chegar nos valores finais.

Uma ferramenta que faz tudo isso e entrega os resultados na hora, de forma confiável, é uma mão na roda pra sua advocacia!

Pra isso, você pode contar com o software de cálculos trabalhistas do CJ! ✅

Ele calcula uma série de valores e verbas que estão na maioria das ações da Justiça do Trabalho, inclusive os juros!

Você pode usar essa ferramenta pra:

Com poucas informações, você descobre tudo isso com muita rapidez. Não precisa ser especialista nem dominar as fórmulas.

Seu escritório fica muito mais produtivo com o software do CJ!

E ele ainda emite relatórios no padrão PJe-Calc.

Ou seja, dá pra usar os resultados do software direto no processo trabalhista. 🤩

Você também faz os cálculos de onde quiser, porque a ferramenta é online e pode ser acessada de qualquer lugar, inclusive no seu celular.

Você ainda conta com o suporte total do CJ, que faz atualizações automáticas e oferece 5 canais pra você tirar suas dúvidas.

Ou seja, tudo o que precisa pra economizar tempo com os cálculos manuais e fazer tarefas importantes do escritório!

Mas por mais importante que seja contar com uma calculadora de juros confiável no processo trabalhista, é fundamental conhecer como é feito o cálculo.

Pra começar, bora ver quais são os índices mais usados nas atualizações dos débitos! 😉

Tabela Única para Atualização de Débitos Trabalhistas

Existe uma tabela única pra atualização de débitos trabalhistas, saiba?

Dá pra encontrar ela no site do TST e de outros órgãos da Justiça do Trabalho.

Mas pra facilitar a vida de quem advoga na área trabalhista, o CJ oferece tabelas completas com os principais índices de atualização monetária e juros:

Assim, você consulta todos os índices na hora, de um jeito super fácil e seguro!

Agora, que tal descobrir mais sobre como calcular essa etapa tão importante na atualização dos débitos judiciais? Vem comigo!

Como calcular os juros de um processo trabalhista?

Pra calcular os juros de um processo trabalhista, você deve multiplicar o valor da condenação, atualizado pelo índice fixado pelo juiz.

Os índices dependem do termo inicial e final de cada caso.

Por exemplo, juros de 1% ao mês entre janeiro e maio de 2023 dão o total de 5% de juros, que incidem sobre a condenação atualizada.

Depois disso, é só somar esse valor ao valor principal.

A fórmula é essa aqui:

Valor da condenação atualizado x Juros entre o termo inicial e o final = Valor dos juros

Valor da condenação atualizado + Valor dos juros = Valor total da condenação

Mas atenção! Fazer o cálculo sem o valor atualizado vai deixar seu cliente no prejuízo! 💸

Afinal, os juros calculados sobre uma quantia menor vão ser menores também.

Por esse motivo, é importante fazer o cálculo da atualização monetária dos valores da condenação.

É sobre essa quantia que vão ser aplicados os juros! 📈

O 1º passo é atualizar os débitos conforme o índice determinado na sentença trabalhista.

Os mais comuns são:

  • IPCA (e o IPCA-E)
  • INPC
  • TR
  • SELIC

Depois de atualizar os valores com o índice correto, é só calcular os juros de acordo com a sentença.

Mas e se a sentença não determinar qual é a correção monetária e os juros?

Nesse caso, você pode entrar com embargos de declaração ou recurso.

Mas existe um entendimento do TST sobre a aplicação de juros e correção mesmo se a sentença ou acórdão não tiver essa previsão expressa.

Afinal, é importante que a quantia fixada na condenação seja atualizada da maneira correta. 😉

Agora é hora de descobrir como funcionam os juros na Justiça do Trabalho. É bem simples, vem ver!

Como funcionam os juros no processo trabalhista?

Os juros no processo trabalhista são uma forma de compensar quem ganha a causa pelo atraso no pagamento do valor da condenação.

Por esse motivo, eles são chamados de juros de mora.

Eles existem pra proteger o vencedor no processo trabalhista de uma demora do vencido em fazer o pagamento.

Assim, a pessoa recebe o que é justo com a aplicação dos juros. 🙂

Também é uma forma de incentivar os vencidos no processo a pagar a condenação o quanto antes, pra evitar que a dívida fique maior.

Pra calcular os juros, é importante saber qual foi a taxa determinada pela decisão judicial. Afinal, cada processo pode ter uma diferente.

As taxas de juros mais usadas são:

  • 1% ao mês (12% ao ano)
  • 2% ao mês (24% ao ano)
  • SELIC
  • TR

Mas, como não existe uma regra, é interessante sempre confirmar o que a decisão judicial determinou.

Pra fechar com chave de ouro, vem conferir um jeito fácil de atualizar os débitos na Justiça do Trabalho!

Como fazer atualização de cálculos trabalhistas?

Não tem mistério na atualização de cálculos trabalhistas. O caminho é o mesmo de outras áreas do Direito!

A atualização dos débitos trabalhistas segue 3 passos:

1) Atualizar o valor principal com a correção monetária, pra encontrar o valor principal atualizado

2) Aplicar os juros sobre o valor principal atualizado (conforme o termo inicial e final), pra chegar ao valor total da condenação

3) Verificar se existem outras despesas judiciais (custas, honorários de sucumbência, multas etc.) e somar com o valor total da condenação

Simples, não é mesmo?

Agora, vem conferir o cálculo nesse caso prático:

Imagina que a Dona Luzia ganhou uma ação trabalhista contra uma empresa.

A condenação foi no valor de R$ 20.000,00 corrigidos pelo IPCA da sentença em 06/2022 até 12/2022.

Os juros foram fixados em 1% ao mês, com termo inicial em 10/2021 e final em 12/2022.

Além disso, a empresa foi condenada a pagar honorários de 10% sobre o valor atualizado da causa.

Pra atualizar o cálculo de débito trabalhista, é só seguir o passo a passo que você viu aí em cima.

Mas com a ajudinha das calculadoras do CJ, isso fica moleza! 😍

Olha só como é fácil:

1ª etapa - Atualização monetária

Pra atualizar o valor da condenação pelo IPCA, é só multiplicar o valor principal pelo índice segundo o mês de início e o mês final.

A calculadora de correção monetária do CJ faz isso num piscar de olhos, olha só:

Como calcular correção monetária

Nesse caso, o valor atualizado é de R$ 20.066,48.

2ª etapa - Juros

A sentença fixou os juros em 1% ao mês, com termo inicial em outubro de 2021 e final em dezembro de 2022 (14 meses no total).

Aí, você pode usar a calculadora de juros do CJ pra descobrir o valor rapidinho:

Como calcular juros

Como os juros de processo trabalhista costumam ser simples, o valor total após a correção monetária e aplicação dos juros é de R$ 22.875,79.

3ª etapa - Despesas

Por último, é hora de calcular as despesas!

Como a sentença determinou que os honorários de sucumbência são de 10% do valor atualizado da condenação (R$ 22.875,79), o cálculo fica assim:

Valor total da condenação (com juros e correção) x Percentual = Valor dos honorários

R$ 22.875,79 x 10% = R$ 2.287,57

Aí é só somar tudo (valor atualizado + honorários) pra descobrir que a empresa vai ter que pagar R$25.163,36 nesse processo!

Conclusão

Calcular os juros do processo trabalhista é super importante pra quem advoga na área!

Conhecer os cálculos e aproveitar ao máximo todas as ferramentas disponíveis deixa o escritório à frente dos concorrentes.

Com tudo o que viu hoje, você já pode dizer que dominou os juros e correção monetária no processo trabalhista. 😎

Também conheceu calculadoras que vão deixar os cálculos muito mais rápidos! 🚀

Olha a quantidade de informações valiosas que você descobriu sobre o assunto:

  • O que é a tabela única pra atualização de débitos trabalhistas
  • Como calcular os juros de um processo trabalhista
  • Como funcionam os juros no processo trabalhista
  • Como fazer atualização de cálculos trabalhistas

E ainda tem mais…

O software de cálculos trabalhistas do CJ é o braço direito dos escritórios. Ele faz liquidação, atualização, rescisão e muito mais!

Tudo o que você precisa pra sua produtividade ir pras alturas e o escritório decolar. 🚀

Então não perde mais tempo e experimenta agora!

Depois, aproveita pra compartilhar aqui nos comentários o que achou, beleza?

Até a próxima! 😊

Fature mais com o Software de Cálculos mais prático

Poupe tempo com modelos de petições curados

+ Cursos e Ferramentas pra poupar seu tempo

Cálculo Jurídico - múltiplos serviços Descubra o CJ hoje

Cálculo Jurídico é o software de cálculos para advogados de sucesso. Ele acaba com a dor de cabeça dos cálculos. Assim você tem mais tempo para advogar e ganhar mais dinheiro, reconhecendo mais direitos dos seus clientes. Estamos desenvolvendo nosso software trabalhista. Clique aqui pra receber uma oferta especial de lançamento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário aqui embaixo, vou adorar saber o que você achou!